"Lamentavelmente, ao fim de mais de 10 anos, terminou a minha colaboração de prestação de serviços com a TVI. Saio com a convicção de dever cumprido e o orgulho de ter respeitado escrupulosamente, ao longo deste período, todas as minhas obrigações e deveres profissionais, com lealdade e enorme dedicação. O meu público merece-o e, quem me conhece, sabe que não o sei fazer de outra forma", começou por escrever a apresentadora na sua conta no Instagram.

Na publicação, Fátima Lopes adianta ainda que denunciou o seu contrato com a TVI. "Anuncio-vos também que acabo de denunciar o contrato de trabalho que ainda me liga à TVI, pelo que, daqui a dois meses, não terei qualquer ligação a uma estação que, durante tantos anos, me ofereceu muitos momentos de felicidade", explicou.

"Quero aproveitar esta oportunidade para agradecer de forma muito sincera e emocionada a todo o público que, generosamente, sempre me acompanhou e acarinhou ao longo dos mais de 10 anos em que prestei os meus serviços de apresentadora nos programas da TVI. A vossa amizade e fidelidade não tem preço e ficar-vos-ei, por isso, eternamente grata. Deixo ainda uma palavra de especial agradecimento a todas as equipas que ao longo deste tempo me acompanharam e apoiaram incondicionalmente. A todos e a cada um de vós, o meu muito obrigada", sublinhou Fátima Lopes.

A apresentadora esclarece ainda que, para já, não tem um projeto "futuro definido". Saio sem um projeto futuro definido. Mas com a paz própria de quem aprendeu, com a sua educação e formação, que o tempo, a experiência e a vida indicam-nos, sempre, o melhor caminho a seguir", rematou.

Esta sexta-feira, dia 8 de janeiro, em comunicado, a TVI confirmou a saída da apresentadora."Ao fim de 11 anos, chega ao fim a colaboração de prestação de serviços entre a apresentadora de televisão Fátima Lopes e a TVI", revelou o canal. Em novembro, na emissão especial "Futuro", apresentada por Cristina Ferreira, a TVI anunciou que a apresentadora iria conduzir uma versão de "C’è posta per te", programa italiano "que vive de histórias reais, contadas pelos seus protagonistas e que representa uma exaltação dos afetos ou uma tentativa de reaproximação entre pessoas que por algum motivo perderam o seu vínculo de ligação".

"Em 2021, a apresentadora deveria assumir a condução de um novo formato nas noites de fim de semana, o  programa 'C’è posta per te'. No entanto e lamentavelmente, a apresentadora não aceitou dar seguimento a este projeto nos moldes que lhe foram propostos pela TVI", explica a TVI em comunicado enviado ao SAPO Mag.

Na nota enviada, a estação de Queluz de Baixo deseja ainda sucesso a Fátima Lopes nos seus próximos projetos: "A TVI regista, com muito apreço, todo o trabalho desenvolvido em antena ao longo destes anos e deseja a Fátima Lopes os maiores sucessos futuros".

FÁTIMA LOPES

Fátima Lopes estreou-se na TVI há 11 anos, em 2010. "Agora É Que Conta" foi o primeiro formato conduzido pela apresentadora, seguindo-se "Pequenos Gigantes" ou "Let's Dance". Nos últimos anos, esteve à frente do programa de entrevistas "Conta-me Como És", que foi substituído por "Conta-me".

"A Tarde É Sua" foi o principal projeto de Fátima Lopes na estação de Queluz de Baixo. O talk show das tardes da TVI estreou-se em 2011 e esteve no ar durante quase 10 anos - o programa despediu-se do pequeno ecrã a 31 de dezembro de 2020 e foi substituído por "Goucha", de Manuel Luís Goucha.

Nas tardes da TVI, a apresentadora liderou durante oito anos consecutivos e apenas começou a perder depois da estreia do programa de Júlia Pinheiro, na SIC. Durante quase 10 anos, "A Tarde É Sua" contou com 2500 emissões com milhares de convidados. "Nunca é fácil a despedida de de 10 anos de programas e de uma década que partilhámos juntos", disse Fátima Lopes no na última emissão do programa, que contou com uma mensagem especial de Marcelo Rebelo de Sousa - veja aqui.

Ao longo de 11 anos, a apresentadora foi um dos principais rostos da TVI, marcando presença em várias emissões especiais. Com o regresso ao canal de Cristina Ferreira, que assumiu o cargo de diretora de entretenimento e ficção, a programação sofreu profundas alterações, ditando o fim de "A Tarde É Sua". Apesar da estação ter desafiado Fátima Lopes para um novo formato, os rumores sobre o descontentamento da apresentadora ganharam eco nos últimos meses.

Fátima Lopes apresentou formatos de daytime durante mais de 22 anos, sendo a primeira estrela das televisões privadas a conduzir os programas da manhã e da tarde. Antes da mudança para a TVI, na SIC, a apresentadora esteve à frente de "Fátima Lopes" , "SIC 10 Horas", "Fátima" e "Vida Nova" (2009).

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.