África será o tema da EDP Rock Street deste ano e, como tal, a organização do Rock in Rio apresentou o conceito e os artistas que estarão presentes neste palco, fazendo alusão a símbolos africanos.

À porta do evento estavam presentes dançarinas vestidas de zebra, cobras, dança do ventre e tambores que entoavam ritmos africanos.

Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio, afirmou que a RockStreet deste ano será "uma rua que se propõe a ser altamente próxima do público", o que "pode ser visto através das atrações presentes à porta do evento".

A EDP, parceira do Rock in Rio, marcou presença na apresentação deste palco e frisou que a RockStreet deste ano terá "uma produção de excelência, uma cenografia totalmente diferenciadora e uma animação muito particular", como afirmou Ana Sofia Vinhas, Diretora de Marca da EDP.

"Uma proposta musical extremamente arrojada e poderosa, que marca uma nova era da EDP RockStreet", acrescentou Roberta Medina ao apresentar o cartaz deste palco.

A Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio apresentou ainda o Diretor Artístico do EDP RockStreet África, Paulo Magalhães e a Curadora do Palco, Paula Nascimento.

"Será um palco que irá funcionar sobretudo à tarde, entre as 15h00 e as 20h00, com três shows por dia", revelou Paula Nascimento. Já Paulo Magalhães assinalou que "ninguém ficará indiferente" a esta edição da RockStreet.

O evento contou com atuações de Selma Uamusse, Karlon e de Kimi Djabaté e ainda com a presença do cantor angolano Bonga. Todos estes artistas estarão presentes na edição deste ano, assim como outros nomes da música africana.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.