A estrela pop britânico Ed Sheeran, não cometeu plágio no seu grande sucesso "Shape of You", a canção mais vendida do mundo em 2017 e que permanece uma das mais ouvidas, concluiu o Alto Tribunal de Justiça de Londres esta quarta-feira.

Sheeran não copiou "nem deliberadamente nem de modo inconsciente" parte da melodia da canção "Oh Why", como acusavam Sami Chokri e Ross O'Donoghue, afirmou o juiz Antony Zacaroli.

Após o veredicto, Sheeran criticou nas redes sociais a cultura de reivindicação de direitos de autor 'realmente prejudicial' que está a destruir a indústria da música, em que as "alegações infundadas" são feitas contra os cantores e compositores "com a ideia de que um acordo será mais barato do que avançar para tribunal'.

Apesar de se manifestar "obviamente feliz com o resultado", a estrela acrescentou: "Não sou uma entidade, não sou uma corporação, sou um ser humano, sou um pai, sou um marido, sou um filho".

De fato e gravata, Sheeran compareceu ao primeiro dia de julgamento no Alto Tribunal a 4 de março. Durante a audiência, as duas músicas foram reproduzidas e também, devido a um erro, uma parte inédita do sucesso da música pop.

O advogado dos acusadores, Andrew Sutcliffe, afirmou que "a semelhança" entre certos trechos "é surpreendente", são "quase idênticas", e acusou Sheeran de ser "um corvo", em referência ao pássaro que, às vezes, é acusado de ladrão.

"Sheeran é definitivamente muito talentoso, é um génio. Mas tira ideias e coloca-as nas suas canções; às vezes admite, às vezes não", disse. "Depende de quem você é e se ele acha que pode fazer isso impunemente", acrescentou.

Sheeran e os seus compositores, Steven McCutcheon e John McDaid, negaram as acusações. Em maio de 2018, os três solicitaram ao Alto Tribunal que determinasse que não infringiram os direitos de autor.

Dois meses depois, Chokri e O'Donoghue iniciaram o processo contra eles.

Segundo o jornal The Telegraph, os pagamentos por direitos de autor de "Shape of You", avaliados em 20 milhões de libras, foram suspensos pelo organismo responsável.

A canção foi ouvida quase 3 mil milhões no Spotify e tem quase 6 mil milhões de visualizações no YouTube.

Em 2017, Sheeran foi o artista mais vendeu músicas no mundo, segundo a Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPPI), com o seu terceiro álbum, "Divide", que inclui o single "Shape of You".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.