Com realização de Laura Seixas e João Maia, esta nova temporada vai ter filmagens “em locais emblemáticos da Figueira da Foz, como o Casino da Figueira, as Salinas de Lavos, o Palácio Sotto Maior e o Palácio do Conselheiro”, estando também previstas cenas em Lisboa.

"Durante a 2.ª Guerra Mundial operaram em Portugal diversas redes de espionagem. 'A Espia' acompanha uma dessas redes, a rede Shell. Uma rede que era dirigida pelos britânicos que operaram em Portugal entre 1941 e 1942, e que tinha um plano de destruição de infraestruturas e de contraespionagem no caso de o país ser invadido pelos alemães", lê-se no dossier de imprensa deste projeto audiovisual.

Maria João Bastos, Daniela Ruah, Diogo Morgado, Madalena Almeida, Ana Vilela da Costa, Lúcia Moniz, Kelly Bailei e Gabriela Barros são alguns dos atores da série, às quais se juntam José Pimentão, Adriano Carvalho, Luís Eusébio, André Leitão, Cristóvão Campos e Adriano Luz, entre outros.

Com estreia da segunda temporada marcada para 2024 na RTP, esta série tem financiamento do Instituto do Cinema e Audiovisual, do Fundo de Apoio ao Turismo e ao Cinema, do município da Figueira da Foz, parceria com a produtora espanhola Tornassol Films e distribuição internacional pela Movistar+.

A primeira temporada de “A Espia” foi produzida em 2020, com realização de Jorge Paixão da Costa, estreou-se na RTP e foi vendida para a Amazon Prime.

Segundo a produtora, a série somou “mais de quatro milhões e meio de espectadores em televisão”.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.