Robert Downey Jr. acha que não está a ter reconhecimento suficiente o trabalho de Margot Robbie como atriz em "Barbie".

O tema surgiu durante uma conversa por 'zoom' do ator nomeado para os Óscares como secundário por "Oppenheimer" com Sterling K. Brown (“American Fiction”) e Willem Dafoe (“Pobres Criaturas") para a fundação do SAG-AFTRA, o sindicato dos atores dos EUA.

O trio falava sobre o facto de o trabalho de um ator no ecrã não ser necessariamente feito de grandes gestos efusivos, com Sterling K. Brown a destacar que "nunca me canso de ver alguém apenas a ouvir perante as câmaras".

Veja aqui a lista completa de nomeados aos Óscares
Veja aqui a lista completa de nomeados aos Óscares
Ver artigo

Nesse momento, Robert Downey Jr. observa que "nunca deixa de me impressionar e recordar o pouco que é preciso fazer para ser eficaz. Apenas a versão mais simples de uma expressão, é isso que a câmara quer. Quanto mais perto chega a câmara, mais ela quer isso. Repetidamente, ficou demonstrado que é super eficaz”.

Sem se referir diretamente à polémica ausência de Margot Robbie nas nomeações para o Óscar de Melhor Atriz, Downey Jr destacou as nuances da sua interpretação como Barbie durante o momento do discurso de America Ferrera sobre como é "impossível ser uma mulher", que causou tanto impacto nos muitos fãs do filme de Greta Gerwig.

"Na minha opinião, a Margot Robbie não está a receber o reconhecimento suficiente. A America tem um discurso incrível. E, por sinal, acerta em cheio! Estou a ver e penso: 'Uau, esta foi uma realmente difícil. É como uma peça de um ato. Todo o filme depende disso'. Mas são os cortes [da montagem] para a Robbie a ouvir tão ativamente que me fazem perceber que a Greta realmente está aqui na direção certa. Mas foi a Robbie quem teve que confiar [nisso]...", explicou.

Robert Downey Jr. também apontou como foi difícil o trabalho da atriz australiana quando, depois de ouvir o monólogo de America Ferrera o dia todo, as câmaras se viraram para si para a mostrar a "ouvir tão ativamente" como se fosse a primeira vez.

Com "Barbie" a ter oito nomeações, Margot Robbie surge representada enquanto produtora do Melhor Filme, enquanto Greta Gerwig, que ficou de fora de Melhor Realização, surge nomeada pelo Argumento Adaptado.

A cerimónia dos Óscares está marcada para 10 de março em Los Angeles.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.