A curta-metragem norte-americana "Kapaemahu", que conta com direção de animação do português Daniel Sousa, é finalista a uma nomeação para os prémios de cinema Óscares, revelou a Academia de Hollywood, nos Estados Unidos.

De acordo com as listas de filmes finalistas, que são candidatos a uma nomeação para os Óscares, divulgadas na terça-feira, "Kapaemahu" surge na corrida ao prémio de Melhor Curta-Metragem de Animação, contando com realização de Hinaleimoana Wong-Kalu, Dean Hamer e Joe Wilson e direção de animação de Daniel Sousa.

O também realizador tinha estado nomeado para os Óscares em 2014, na mesma categoria, com a curta-metragem "Feral", que realizou.

A história de "Kapaemahu" assenta na tradição da cultura mahu, do estado norte-americano Havai, e é narrada na língua indígena Olelo Niihau.

O filme já passou por mais de uma centena de festivais depois de se ter estreado em 2020 no de Tribeca, nos Estados Unidos, onde foi premiado.

Nascido em Cabo Verde em 1974, Daniel Sousa viveu em Portugal até à adolescência e radicou-se depois nos Estados Unidos, onde se formou na Escola de Design de Rhode Island.

Além de "Feral", Daniel Sousa assinou as curtas-metragens de animação "Minotaur", "Fable", "The windmill" e "Drift".

Óscares: "Vitalina Varela" está fora da corrida para Melhor Filme Internacional. Portugal mantém recorde negativo
Óscares: "Vitalina Varela" está fora da corrida para Melhor Filme Internacional. Portugal mantém recorde negativo
Ver artigo

A Academia de Hollywood revelou as listas de finalistas em nove categorias, entre as quais a de Melhor Filme Internacional, Melhor Documentário e Melhor Banda Sonora Original.

O filme "Vitalina Varela", de Pedro Costa, tinha sido considerado elegível para o Óscar de Melhor Filme Internacional, mas foi excluído da lista dos 15 finalistas agora anunciados.

De fora ficou também o candidato da Palestina, "Gaza, mon amour", dos irmãos Tarzan Nasser e Arab Nasser, que contou com coprodução portuguesa.

Os nomeados para a 93.ª edição dos Óscares serão anunciados a 15 de março e a cerimónia acontecerá a 25 de abril.

A cerimónia estava inicialmente marcada para 28 de fevereiro, mas acabou por ser adiada para abril por causa da pandemia da COVID-19.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.