A Marvel ainda não revelou os planos para a sequela de "Black Panther", mas não vai usar um duplo e efeitos digitais para recriar o protagonista Chadwick Boseman, que faleceu a 28 de agosto, aos 43 anos, de cancro de cólon.

Os rumores que circulavam à volta dessa solução para T'Challa / Black Panther foram formalmente desmentidos por uma fonte oficial do estúdio: Victoria Alonso, vice-presidente executiva da Marvel.

"Não. Apenas existe um Chadwick e ele já não está connosco. Infelizmente, o nosso rei morreu na vida real, não apenas na ficção, e estamos a levar algum tempo para ver como vamos continuar a história e honrar este capítulo que inesperadamente nos aconteceu, tão doloroso e terrível para ser sincera", revelou em entrevista ao diário argentino Clarín aquela que é uma das principais responsáveis pelo Universo Cinematográfico Marvel desde o primeiro filme, "Homem de Ferro" (2008), e também agora pelas séries para o Disney+.

"Chadwick não foi apenas um maravilhoso ser humano todos os dias que passámos juntos durante cinco ano, mas também acredito que o que ele fez enquanto personagem nos elevou como estúdio e deixou a sua marca na história", acrescentou.

Segundo avançou a publicação especializada The Hollywood Reporter no início de setembro, a Marvel estava a fazer o luto pelo ator que era muito estimado e respeitado dentro e fora do ecrã, ao mesmo tempo que enfrentava as realidades criativas e económicas de de ter perdido a principal estrela de uma saga que vale mais de mil milhões de dólares e cuja personagem também estava destinada a aparecer noutros filmes do seu Universo Cinematográfico.

Entre as opções possíveis estariam a substituição de Boseman, o que pode revoltar fãs e levar a inevitáveis comparações entre atores; ou tornar a irmã de T’Challa, Shuri (Letitia Wright), a nova Black Panther, seguindo histórias das bandas desenhadas.

Sobre isso, a produtora executiva nada esclareceu: "Sei que, por vezes, passam dois ou três meses nas produções e dizemos que foi demasiado tempo. Mas não é demasiado tempo. Temos realmente de pensar sobre o que vamos fazer a seguir e como. E decidir como vamos honrar a saga".

Novamente com Ryan Coogler como realizador e argumentista, o início da rodagem de "Black Panther 2" está previsto para março de 2021 e a estreia nos cinemas continua anunciada para 6 de maio de 2022.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.