O papel de um homem que lida com a sua perda de memória progressiva no filme "O Pai" valeu a Anthony Hopkins a entrada no livro de recordes dos Óscares: com 83 anos e 74 dias, tornou-se o nomeado com mais idade a ser nomeado na categoria.

O recorde pertencia a Richard Farnsworth, que tinha 79 anos quando foi nomeado por "Uma História Simples", de David Lynch, em 1999.

Os outros nomeados anunciados esta segunda-feira (15) foram Riz Ahmed (“Som do Metal”), o grande favorito Chadwick Boseman (nomeação póstuma por "Ma Rainey: A Mãe do Blues"), Gary Oldman (“Mank”) e Steven Yeun ("Minari").

Nomeado em mais cinco categorias, incluindo Melhor Filme e Atriz Secundária (Olivia Colman), "O Pai" é um dos filmes que aguarda a reabertura dos cinemas portugueses para conhecer data de estreia.

Lista completa de nomeados aos Óscares

Conheça a lista completa de nomeados aos Óscares
Conheça a lista completa de nomeados aos Óscares
Ver artigo

Anthony Hopkins, que ganhou a estatueta de Melhor Ator por "O Silêncio dos Inocentes" (1991), também foi o único repetente dos 20 atores e atrizes nomeados no ano passado, quando concorreu como secundário por "Dois Papas".

Entre atores e atrizes, nas categorias principais ou secundárias, o maior veterano de todos é Christopher Plummer, falecido em fevereiro aos 91 anos.

O ator é o recordista nas vitórias, com a estatueta como secundário conquistada aos 82 anos por "Assim é o Amor" (2010), e nas nomeações, quando entrou na corrida pela última vez aos 88 anos, também como secundário, por "Todo o Dinheiro do Mundo" (2017).

A 93ª cerimónia dos Óscares está marcada para 25 de abril.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.