O príncipe Harry produzirá um documentário sobre os Jogos Invictus para veteranos de guerra deficientes, que se tornará a primeira série do lucrativo negócio que ele e a sua esposa, Meghan Markle, assinaram com a Netflix após se mudarem para a Califórnia no ano passado.

Harry, que serviu no Exército Britânico no Afeganistão, aparecerá à frente das câmaras e também será o produtor executivo de "Heart of Invictus", uma série de episódios que acompanhará os atletas enquanto treinam para a competição na próxima primavera em Haia.

"Esta série proporcionará às comunidades em todo o mundo uma janela para as histórias emocionantes e inspiradoras desses atletas na sua jornada para a Holanda no próximo ano", declarou o príncipe em comunicado.

"Como primeira série da Archewell Productions com a Netflix, em colaboração com a Invictus Games Foundation, não poderia estar mais contente com o caminho que temos à frente, nem mais orgulhoso da comunidade Invictus por inspirar consistentemente a cura global, o potencial humano e o serviço contínuo", afirmou.

Os termos financeiros da operação não foram divulgados, mas o acordo deve durar vários anos e exclusivamente com a Netflix.

Nova vida

Segundo os rumores, entre os múltiplos projetos a ser preparados podem estar uma série de documentários sobre a natureza e uma série de animação dedicada a mulheres inspiradoras, embora Markle, ex-estrela da série "Suits", não tenha planos de voltar a representar.

"O duque e a duquesa de Sussex e a equipa da Archewell Productions estão a construir uma seleção ambiciosa que reflete os valores e as causas que eles prezam", disse o diretor de conteúdos da Netflix, Ted Sarandos.

"Desde o momento em que os conheci, ficou claro que os Jogos Invictus têm um lugar muito especial nos seus corações, e não poderia estar mais feliz que a sua primeira série Netflix está a mostrar isso para o mundo de uma forma nunca antes vista", acrescentou.

Harry apareceu anteriormente no documentário paraolímpico "Rising Phoenix" e lançou os primeiros Jogos Invictus em 2014.

O casal também fez a sua primeira aparição pública em conjunto durante a edição de setembro de 2017 desta competição.

Além de acompanhar o seu treino, a série também abordará as "histórias poderosas de esperança e resiliência" dos atletas.

O casal deixou a família real britânica e mudou-se para a Califórnia no ano passado.

A entrevista explosiva que deram a Oprah Winfrey em março - onde relataram que um membro da família real tinha perguntado sobre a cor da pele do seu bebé - arrastou a monarquia para a sua maior crise desde a morte de Lady Diana.

Meghan e Harry também dirigem uma organização sem fins lucrativos chamada Archewell.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.