"Ele consegue que muitas coisas sejam feitas", disse Obama, fazendo referência a Frank Underwood, parlamentar democrata interpretado por Kevin Spacey, protagonista da aclamada série.

A confissão do presidente arrancou sorrisos dos diretores das grandes empresas de informática e internet, entre eles o co-fundador do Netflix, Reed Hastings, site que transmite a série, com quem Obama se reuniu para discutir o programa de vigilância da Agência de Segurança Nacional (NSA, em inglês). "Estava a perguntar-me se tinha trazido uma cópia da próxima temporada de 'House of Cards'", lançou Obama a Hastings.

A segunda temporada de "House of Cards", que este ano se tornou a primeira série online a ser nomeada para os Emmy, estará disponível nos Estados Unidos a partir de fevereiro de 2014.

Na série, Underwood é um político ganancioso que não hesita quando o assunto é encontrar uma forma de saciar a sua sede de poder e influência, fazendo um retrato cru do funcionamento das instituições em Washington.

Desde 2011, Obama negocia com uma Câmara dos Representantes dominada por políticos republicanos que tentam barrar todos os programas propostos pelo presidente democrata - entre eles a reforma da saúde, conhecida como Obamacare.

@AFP

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.