O ator Gregory Itzin morreu esta sexta-feira, aos 74 anos.

Sem indicar a ausa, a notícia foi partilhada por Jon Cassar, o produtor executivo e realizador de vários episódios da série "24", o seu trabalho mais conhecido.

"O meu amigo Greg Itzin faleceu hoje. Era um dos atores mais talentosos com quem tive a honra de trabalhar, mas mais do que isso, era um excelente tipo. Ele fará falta à sua família '24', que não tinha menos do que amor e respeito por ele. Deixaste a tua marca, agora descansa em paz amigo", escreveu nas redes sociais.

Gregory Itzin trabalhou muito em teatro e e a seguir foi ator convidado em muitas séries de TV, num autêntico catálogo do que foi popular nas décadas de 1980, 1990 e 2000: "MacGyver", "Dallas", "A Balada de Hill Street", "Os Soldados da Fortuna", "As Teias da Lei", "Farda e Coração", "S.O.S. Urgências", "Rua Jump, 21", "Murphy Brown", "Eerie, Indiana", "Beverly Hills 90210", "Emoções Fortes", "Matlock", "Crime, Disse Ela", "O Viajante no Tempo", "JAG", "Serviço de Urgência", "Chicago Hope", "Adultos à Força", "Carolina na cidade", "Friends", "Os Homens do Presidente", "A Balada de Nova Iorque", "Causa Justa", "NCIS", "CSI", "O.C. - Na Terra Dos Ricos", "Judging Amy", "Boston Legal" e várias produções "Star Trek".

"Crime Violento" (1995) e "Profiler" (2000) antecederam aquele que é o seu trabalho mais conhecido, como o fraco e corrupto Charles Logan, na série "24", fazendo a estreia a meio da aclamada quarta temporada em 2005 como vice-presidente dos EUA.

Na temporada seguinte, Logan ascendeu à presidência e tornou-se um dos principais antagonistas de Jack Bauer (Kiefer Sutherland).

Itzin foi nomeado para o Emmy de Melhor Ator Secundário na quarta temporada e como ator convidado na oitava: não passando despercebida a parecença com o verdadeiro presidente dos EUA Richard Nixon, Charles Logan entrou em 44 episódios nas temporadas 4,5, 6 e 8, tornando-se uma das personagens mais inesquecíveis e "odiadas" pelos fãs da série.

Posteriormente, entrou em vários episódios das séries "Big Love", "O Mentalista", "Agente Dupla" e "Mob City".

No cinema, estreou-se como um fanático religioso em "Aeroplano!" (1980), dizendo as primeiras frases da comédia.

Outros filmes em que apareceu foram "A Melhor Casa de Prazer do Texas" (1982), "Lobijovem" (1985), "Os Fabulosos Irmãos Baker" (1989), "Delírio em Las Vegas" (1998), "Inadaptado" (2002), " Um Cidadão Exemplar" (2009), "Nos Ídos de Março" (2011) e "Lincoln" (2012).

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.