"Obama: In Pursuit of a More Perfect Union", documentário de três partes, estreia-se no dia 4 de agosto, na HBO Portugal. A produção narra o percurso pessoal e político do ex-presidente norte-americano Barack Obama, enquanto o país luta com a sua história racial.

Intercalando conversas de colegas, amigos e críticos com os seus próprios discursos e entrevistas, o documentário começa com a infância de Obama e conduz os espectadores "pela sua visão como filho de uma mãe caucasiana do Kansas e de um pai africano, pela sua formação espiritual numa geração de líderes negros e na sua esperança por uma América mais inclusiva".

Realizado por Peter Kunhardt ("True Justice: Bryan Stevenson’s Fight For Equality", "John McCain: Por Quem os Sinos Tocam" ou "King in the Wilderness”), o documentário "mostra uma imagem coesa da América sob o mandato do seu primeiro presidente afro-americano".

"A presidência de Obama foi única na história da América, mas o que foi um passo histórico para o país, expôs também a necessidade sempre presente de abordar desafios profundamente enraizados em torno de questões e justiça raciais e a história do país", frisa a HBO em comunicado.

Veja o trailer:

"Obama: In Pursuit of a More Perfect Union" conta com várias participações especiais, como a autora Jelani Cobb, o representante John Lewis, o consultor político David Axelrod, a jornalista Laura Washington, a assessora política Valerie Jarrett, o  professor Henry Louis Gates Jr, o ator Keegan-Michael Key, o conselheiro Broderick Johnson e o representante Bobby Rush.

As três partes de "Obama: In Pursuit of a More Perfect Union"

A primeira parte de "Obama: In Pursuit of a More Perfect Union" foca-se na educação dada pela mãe de Obama, e pelos seus avós maternos, na sua educação primária no Havai e na sua formação na Universidade de Columbia e na Faculdade de Direito de Harvard. "Através de entrevistas de arquivo, Obama reflete sobre o impacto de ter um pai africano distante, o seu crescimento multirracial e a evolução do seu relacionamento com a comunidade afro-americana em Chicago, onde trabalhou como organizador comunitário em igrejas afro-americanas", adianta o serviço de streaming.

"A segunda parte leva-nos desde a candidatura presidencial de Obama à sua eleição para a Casa Branca, em novembro de 2008, explorando os obstáculos e sucessos ao longo da campanha. Com constante pressão para definir a sua identidade segundo linhas raciais e frustrado pelo que interpretou como uma distração a outras questões importantes, Obama fez o seu 'discurso racial', em março de 2008, uma defesa determinada da Constituição dos EUA e um apelo para se olhar além do 'impasse racial', de forma a promover a prosperidade e a união", resume a HBO.

A terceira parte leva-nos aos anos de Obama na Casa Branca e aos obstáculos ​​que enfrentou ao tentar aprovar uma legislação num Congresso muito dividido.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.