A Netflix prepara-se para criar um universo à volta de "Assassin’s Creed".

A plataforma chegou a acordo com a Ubisoft para desenvolver séries em imagem real, animação e animé baseadas na popular saga de videojogos, que nasceu em 2007 e já vendeu mais de 155 milhões a nível mundial.

"Estamos entusiasmados por fazer a parceria com a Ubisoft e dar vida à rica e diversificada narrativa que tornam 'Assassin´s Creed' tão amado. Dos seus mundos históricos de tirar o fôlego e gigantesco apelo global como uma das sagas de videojogos mais vendidos de todos os tempos, estamos empenhados em cuidadosamente criar entretenimento épico e emocionante", explicou Peter Friedlander, vice-presidente das séries originais da Netflix em comunicado.

"Durante mais de 10 anos, milhões de fãs à volta do mundo ajudaram a transformar a marca 'Assassin’s Creed' numa saga icónica. Estamos entusiasmados por criar uma série 'Assassin’s Creed' com a Netflix e ansiosos por desenvolver a próxima saga no universo de 'Assassin’s Creed'", destacou Jason Altman, responsável para a área de cinema e televisão da Ubisoft.

O projeto que vai avançar primeiro será o de uma série épica em imagem real.

O anúncio do acordo não faz referência a filmes.

Em 2016, Michael Fassbender conseguiu concretizar uma longa paixão na carreira e protagonizar uma versão para cinema como Callum Lynch, um homem que através de uma tecnologia revolucionária que desvendava memórias genéticas, revivia as aventuras do seu antepassado, Aguilar, na Espanha do século XV, e descobria que era descendente de uma misteriosa sociedade secreta, os Assassinos.

Sem ter sido um fracasso, o filme realizado por Justin Kurzel e ainda com Marion Cotillard, Jeremy Irons e Brendan Gleeson ficou abaixo das expectativas do estúdio e planos para sequelas continuam a marcar passo em Hollywood.

RECORDE O TRAILER DE "ASSASSIN´S CREED".


Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.