Timothée Chalamet é o protagonista do novo anúncio de promoção da Apple TV+, centrado na ideia irónica de que ele parece ser o única grande estrela de Hollywood ainda sem um projeto na plataforma.

Apropriadamente intitulado "Call Me With Timothée Chalamet", numa referência a "Chama-me Pelo Teu Nome", o filme de 2017 que o lançou para o estrelato, o anúncio começa com o ator de 27 anos a ver o vencedor do Óscar "CODA" numa sala de cinema e a virar-se desconfortável para o amigo ao lado e dizer "Estive em dois nomeados para Melhor Filme no ano passado".

Durante um minuto e meio e nas mais diversas circunstâncias, o ator vai percorrendo alguns dos filmes e séries mais populares, já disponíveis ou que vão chegar em breve à plataforma, de "Causeway" com Jennifer Lawrence a documentário sobre "Selena Gomez, de "Ted Lasso" e "Severance" a "Black Bird", confrontando-se cada vez com a sua "exclusão".

Até Jason Momoa faz uma aparição e Chalamet mostra-se surpreendido por também ele ter um novo programa na Apple ("Chief of War").

"Nesta fase, quem é que não tem?", é a resposta do colega de "Dune".

O anúncio culmina no grande trunfo, o filme inédito "Killers of the Flower Moon", com Chalamet a repetir do que se trata: "Scorsese, DiCaprio, De Niro".

Deitando-se arrasado na cama, o ator via-se para a câmara e apela à Apple TV+ para entrar em contacto.

Em janeiro de 2022, a plataforma lançou um anúncio semelhante com Jon Hamm, que acabaria por ser recrutado para a ainda inédita terceira temporada de "The Morning Show", ao lado de Reese Witherspoon e Jennifer Aniston.

O ANÚNCIO.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.