Com realização de Arie Posin ("A Face do Amor") e baseado numa ideia de Marc Klein ("Feliz Acaso"), também responsável pelo argumento, "Ainda Estou Aqui" é um dos novos sucessos da Netflix. O filme estreou-se no passado dia 8 de abril e chegou ao terceiro lugar do top diário do serviço de streaming.

A longa-metragem com produção de Robbie Brenner ("O Clube de Dallas"), Andrew Deane (“O Espião Fantasma") e Joey King é descrita como "emotiva e dramática".

"Uma história de amor sobrenatural acerca de uma adolescente, Tessa (Joey King), que, após saltar de família de acolhimento em família de acolhimento durante a infância, não se acha merecedora da sua própria história de amor. Tudo muda quando conhece casualmente Skylar (Kyle Allen), um finalista de uma cidade vizinha que se revela um autêntico romântico", adianta a Netflix.

"Logo quando o coração da jovem se começa a abrir, a tragédia bate à porta através de um acidente de carro que ceifa a vida de Skylar, deixando Tessa viva. Enquanto procura respostas no rescaldo do acidente, Tessa começa a acreditar que Skylar está a tentar voltar a contactá-la a partir do além. Com a ajuda da melhor amiga e a nova crença de que o amor é imortal, Tessa tenta contactar Skylar uma última vez de modo a dar à sua história de amor o final épico que merece", remata o serviço de streaming.

Protagonizado por, e com produção de Joey King ("A Banca dos Beijos"), "Ainda Estou Aqui" conta ainda com Kyle Allen ("West Side Story"), Kim Dickens ("Em Parte Incerta"), John Ortiz ("Guia Para Um Final Feliz") e Celeste O’Connor ("Caça-Fantasmas: O Legado") no elenco.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.