"Young Royals" estreou-se a 1 de julho na Netflix e chegou ao top das séries mais vistas na plataforma. A primeira temporada da produção sueca foi descrita pelos espectadores como uma mistura de "Elite" e "The Crown".

Depois do sucesso da primeira temporada, os fãs da série mobilizaram-se nas redes sociais e pediram ao serviço de streaming novos episódios. Após meses de espera, esta quarta-feira, dia 22 de setembro, a Netflix confirmou que "Young Royals" vai contar com uma segunda temporada, a estrear em 2022.

Veja o vídeo:

A série acompanha jovem príncipe gay e a sua vida num colégio interno. "Um jovem príncipe com um dilema ancestral: o amor ou o dever?", questiona a produção no slogan da série protagonizada por Edvin Ryding, jovem ator sueco que veste a pele do o Príncipe Wilhelm, o protagonista da história da primeira temporada de "Young Royals".

"Quando o Príncipe Wilhelm chega ao prestigiado colégio interno de Hillerska, tem finalmente a oportunidade de explorar a sua verdadeira natureza e de descobrir o tipo de vida que realmente quer ter. Wilhelm começa a sonhar com um futuro repleto de liberdade e amor incondicional, longe dos deveres da realeza — mas quando se torna inesperadamente o próximo na linha de sucessão ao trono, o seu dilema é elevado a um novo patamar e ele tem de fazer uma escolha: amor ou dever?", resume a Netflix.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.