Mesmo ao cair do pano na campanha eleitoral nos EUA, Harrison Ford apelou à "demissão" de Donald Trump

Na véspera do último dia das eleições, o intérprete de Indiana Jones e Han Solo surge a narrar um vídeo do Projeto Lincoln, um popular comité formado por republicanos que entraram em choque com o seu partido por se ter colocado incondicionalmente ao lado do atual inquilino da Casa Branca.

Apesar de politicamente ativo, principalmente nas causas relacionadas com as mudanças climáticas, o ator normalmente não se envolve nas campanhas eleitorais.

A gota que poderá ter feito transbordar o copo foram as declarações de Donald Trump em que deixa no ar que está a pensar demitir o Dr. Anthony Fauci após as eleições, um dos maiores especialistas em doenças infecciosas do mundo e o principal rosto no EUA na luta contra a COVID-19.

No anúncio do Projeto Lincoln ouve-se Ford a recordar os méritos do diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas nos EUA por cima de imagens deste ao longo de sete administrações presidenciais. A seguir, surgem as cenas do comício de Trump na Flórida no domingo (1) em que os seus apoiantes começam a gritar "Demite Fauci!" e a resposta do presidente.

Ford regressa no fim para dizer: "Amanhã, você só pode demitir um deles. A escolha é sua."

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.