Este evento é organizado pela ESTE – Estação Teatral do Fundão e pela Câmara Municipal do Fundão, com o apoio da Direção-Geral das Artes, e procura promover intercâmbios comerciais entre companhias e gestores comerciais, portugueses e espanhóis, como oportunidade de dinamização da atividade do teatro no mercado cultural ibérico.

O evento conta ainda com uma componente de programação que, durante quatro dias, apresentará espetáculos de companhias portuguesas e espanholas em diversos espaços da cidade do Fundão, designadamente no auditório d’A Moagem, no Octógono, no Multiúsos, na Praça Amália Rodrigues e na Praça do Município.

“A programação escolhida para 2022 resulta da avaliação de 571 propostas oriundas de 11 países, deixando a organização da Feira Ibérica bastante satisfeita pela adesão verificada e pelo interesse demonstrado neste projeto que pretende lançar as bases para um mercado ibérico das artes do espetáculo”, referiu a organização, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

A comissão executiva do evento apontou ainda que “a geografia das artes do espetáculo da ibéria está agora mais alargada, contando com um porto de abrigo e de esperança no Fundão, num território da interioridade que não baixa os braços perante as adversidades”.

A programação arranca no dia 29 de junho, com a apresentação da peça “Quem se chama José Saramago”, das companhias Karlik Teatro Danza e Teatro das Beiras, às 12h00, no Octógono.

No mesmo dia, às 17h00, no auditório d’A Moagem, é apresentada “La primera noche de los niños pájaro”, por Tartana Teatro, Títeres Sol y Tierra y Tropos. Segue-se o espetáculo “#Queoscurezca”, por 199 Danza Rodante, às 21h45, no Multiúsos.

No dia 30 de junho, sobe ao palco do Octógono, às 12h00, “Celestina Infernal”, pelo Teatro Corsário. “El Amo”, da companhia PanPán Teatro, é apresentado às 17h00, n’A Moagem. Segue-se, às 18h30, na Praça Amália Rodrigues, o espetáculo “Peus Dalt”, por Spinish Circo. “Fardo”, da Peripécia Teatro, sobe ao palco do Multiúsos, às 21h45.

No dia 01 de julho, às 12h00, no Octógono, a companhia Mente de Cão apresenta “A gravidade de um pássaro”. “Acts of cod”, da Esquiva Companhia de Dança, é apresentado, às 17h00, n’A Moagem. A Praça Amália Rodrigues recebe, às 18h30, o espetáculo “Loop”, da Circ About It. A noite encerra com Vai Vem, pela Gato SA, às 21h45, no Multiúsos.

No dia 2 de julho, a Praça do Município recebe, às 10h30, a companhia Arawake+, com “Titiriscópio”. “Magalhães e Elcano”, da Ajidanha, é apresentado, às 12h00, no Octógono. Partículas Elementares apresenta “Ninho”, às 17h00, n’A Moagem. Segue-se o espetáculo “Quimera”, por La Banda Teatro, às 18h30, na Praça Amália Rodrigues. Às 2h45, no Multiúsos, será a vez de “Albano”, por Rui Paixão/Holy Clowns.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.