O contrabaixista Bernardo Moreira vai editar um novo álbum, "Entre Paredes", a 23 de julho, dia do aniversário do guitarrista Carlos Paredes, a quem é prestada homenagem.

Em comunicado, Bernardo Moreira revela que apresentará o álbum a 23 de julho, no espaço Espelho d'Água, em Lisboa, escolhendo simbolicamente a data para recordar Carlos Paredes.

"Entre Paredes" foi gravado em novembro passado no Convento São Francisco, em Coimbra, em formato sexteto, com Bernardo Moreira acompanhado por João Moreira (trompete), Tomás Marques (saxofone), Ricardo Dia (piano), Mário Delgado (guitarra) e Joel Silva (bateria).

Em fevereiro, em entrevista à agência Lusa, Bernardo Moreira contava que "Entre Paredes" pode ser entendido como uma conclusão sobre a forma como tem sido ouvinte da obra de Carlos Paredes, sucedendo ao álbum "Ao Paredes confesso", lançado em 2002.

Depois daquele disco "tive umas incursões pela música popular, pelo fado de Coimbra, e comecei a sentir que a minha maneira de ouvir o Carlos Paredes tinha mudado", disse.

"O nosso esforço era ir ao encontro do Carlos Paredes em vez de obrigar o Carlos Paredes a vir ter, na altura, com um sexteto de jazz. Acho que este disco é muito diferente do outro, porque tem esse caminho inverso em que somos nós que vamos para esse território", explicou.

Bernardo Moreira nasceu há 55 anos numa família com longa ligação ao jazz e a Coimbra, estando a cidade e a cultura musical plasmada também no álbum.

"É todo o universo da música portuguesa que me interessa particularmente. Há uma componente de Coimbra que só quem conhece bem a música de Coimbra e a cidade é que percebe um bocadinho que aquilo é tudo o mesmo universo, com manifestações diferentes. São as serenatas, o ambiente. Foi tentar fazer uma celebração da música que nos está no sangue", disse.

O novo álbum conta com temas como "António Marinheiro", "Serenata do Tejo" e "Mudar de Vida", aos quais juntou "A morte saiu à rua", de José Afonso, e "Verdes Anos", a música que também incluiu em "Ao Paredes confesso".

Bernardo Moreira, que toca habitualmente com Cristina Branco, tem já uma série de atuações marcadas para apresentar "Entre Paredes" em sexteto e ao vivo, contando que não haja alterações por causa da pandemia.

Depois da apresentação em Lisboa a 23 de julho - dia também de aniversário de Bernardo Moreira - estão agendados concertos a 01 de agosto no Loulé Jazz, e quatro apresentações em outubro: dia 2 no ACERT Tondela, dia 7 no coliseu do Porto, dia 9 no Convento de São Francisco, em Coimbra, e no dia 29 no Festival Jazz AlémTejo, em Vila Nova de Santo André.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.