Integrados na linha de programação “Redes”, os espetáculos a realizar nos três concelhos são “oportunidades para os espectadores verem, ou reverem, algumas das formações que passaram recentemente pelo festival”, refere uma nota de imprensa do Cistermúsica, que decorreu em Alcobaça entre 25 de junho e 1 de agosto.

Na vertente descentralizadora da programação, a organização propõe, no dia 3 de outubro, dois concertos, ambos de entrada livre e com transmissão em ‘live streaming’.

O primeiro terá lugar às 18h00, no Museu Nacional do Traje, em Lisboa, com a atuação do Grupo de Instrumentistas de Sopro da Banda de Alcobaça, que apresenta em palco o programa “Da Imaginação e Ritmo”, numa parceria com o Festival Música no Termo.

O segundo espetáculo terá lugar às 19h00, na Igreja da Pena no Castelo de Leiria, com a apresentação de “Stabat Mater de Pergolesi”, interpretado pelo acordeonista João Barradas, e acompanhado pelas vozes de Bárbara Barradas (soprano) e Cátia Moreso (meio-soprano).

O Fórum Municipal Luísa Todi, em Setúbal, receberá no dia 5 de outubro, às 21h30, o último dos três concertos do programa “Redes”, dedicado à versão da ópera-tango de Astor Piazzolla, “María de Buenos Aires”, com direção musical de Daniel Schvetz e Ana Ester Neves como solista principal.

Trata-se de um espetáculo teatral e musical que junta em palco outras linguagens artísticas, tais como dança e projeção audiovisual.

Com esta programação descentralizada chega ao fim o festival organizado pela banda de Alcobaça e que nesta edição apresentou cerca de 40 espetáculos sob o tema “Da Ibéria aos novos tempos”.

O festival tem ainda como parceiros a Câmara de Alcobaça e a Direção-Geral do Património Cultural/Mosteiro de Alcobaça (onde se realizam a maior parte dos concertos) e conta com o apoio financeiro da Direção-Geral das Artes e de alguns mecenas.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.