"Ser a primeira transgénero a atuar nos prémios é muito surreal para mim e incrível", confessa Kim Petras em conversa com vários jornalistas de todo o mundo. A artista vai subir ao palco dos MTV EMAs no próximo domingo, dia 14 de novembro - a cerimónia poderá ser vista na MTV Portugal, a partir das 20h00.

"É um sonho tornado realidade. É um momento de círculo completo. Vou cantar uma nova canção, do novo álbum. Estou muito entusiasmada por isso. É tudo o que eu sou, é a minha essência. É super pop, é muito fora do comum", adianta a cantora.

"Espero que possa trazer alegria às pessoas que vão ver e que possa fazer com que as pessoas sintam que não estão sozinhas, porque com a censura à comunidade LGBTQ por parte dos meios de comunicação na Hungria, acho que é poderoso poder atuar e poder mostrar quem eu sou, que não sou censurada e que lutei por isso", celebra.

Nos últimos meses, várias associações, movimentos e o Parlamento Europeu têm condenado veemente a lei húngara sobre os direitos das pessoas LGBTIQ e exorta a Comissão Europeia a abrir um processo de infração a Budapeste.

A Hungria aprovou a 15 de junho uma lei que, na sua fundamentação, proíbe “a promoção” da homossexualidade junto de menores de 18 anos, o que desencadeou a inquietação dos defensores dos direitos humanos, numa altura em que o Governo conservador de Viktor Orbán multiplica as restrições à comunidade LGBT.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.