Apesar de ser o seu trabalho mais conhecido a nível internacional, Emerald Fennell tem muito mais na carreira do que o papel de Camilla Parker-Bowles na terceira e quarta temporadas do grande sucesso que é a série da Netflix "The Crown".

De facto, já ganhou um Óscar pelo argumento original de "Uma Miúda com Potencial" (2020), com Carey Mulligan, uma estreia como realizadora e argumentista de longas-metragens que causou sensação apesar de chegar durante a pandemia.

Também ligada atrás das câmaras à segunda temporada de "Killing Eve" (2019), a britânica tem um novo filme chamado "Saltburn", que deverá chegar a Portugal apenas com o lançamento em data por revelar na Amazon Prime Video.

Numa entrevista de promoção a propósito do 'thriller' psicológico com Barry Keoghan e Jacob Elordi e o que seria o seu "projeto de sonho", Emerald Fennell deu uma resposta inesperada que se tornou viral: uma versão erótica de "Parque Jurássico", o clássico de Steven Spielberg de 1993.

“Sinceramente, sinto que tive muita sorte. Já consegui realizar os projetos dos meus sonhos. Mas o meu filme favorito de todos os tempos é 'Parque Jurássico'. Portanto, adoraria envolver-me com os dinossauros", revelou ao Deadline.

"Parque Jurássico"

"Bem, em primeiro lugar, é muito erótico", justificou.

Avançando pelo enredo de um possível projeto, completou a ideia: "Acho que os humanos e os dinossauros chegaram a esta fase nos eu tempo juntos em que as coisas estão a começar a ficar bastante emocionantes. Portanto, existe um casamento entre um homem e um velociraptor e seria, basicamente, um drama doméstico".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.