A estreia de "Um Lugar Silencioso 2" foi adiada para evitar as consequências da epidemia coronavírus.

A estreia estava marcada já para a semana, a 19 de março (um dia mais tarde nos EUA).

O Deadline avançara em primeira mão que os exibidores na Grã-Bretanha tinham sido notificados esta manhã da decisão pelo estúdio Paramount e que era apenas para a Europa, sem ter sido avançada uma nova data.

O filme de terror é a a sequela de um surpreendente sucesso de bilheteira de 2018 com Emily Blunt e John Krasinski sobre a sobrevivência de uma família num mundo pós-apocalíptico.

John Krasinski também assumiu a função de realizador e co-argumentista e confirmou já esta tarde que o adiamento é global.

"Uma das coisas de que mais me orgulho é que as pessoas disseram que o nosso filme é um que é preciso ver todos juntos", escreveu nas redes sociais, indicando ainda que não estão claramente reunidas as condições para isso acontecer.

"Por mais que estejamos todos entusiasmados para que possam ver este filme, vou esperar para lançá-lo até que todos possamos vê-lo juntos", acrescentou, sem indicar qualquer prazo.

Inicialmente, o Deadline indicava que estava marcada uma reunião esta quinta-feira a partir das 8 horas em Los Angeles (quando forem 16 em Lisboa) para determinar a estratégia para o mercado americano, onde o número de testes positivos não para de crescer e vários eventos têm sido adiados e cancelados.

Coronavírus: um desafio sem precedentes também para Hollywood
Coronavírus: um desafio sem precedentes também para Hollywood
Ver artigo

Vários países passam por perturbações nos cinemas, que estão mesmo totalmente fechados na China, Itália, República Checa, Polónia, Irão, Líbano e Kuwait. Metade dos dez maiores mercados são afetados pelas medidas de contenção.

"Um Lugar Silencioso 2" é o terceiro grande filme a mudar de data por causa da epidemia, após "007: Sem Tempo Para Morrer" (adiou de 9 de abril para 25 de novembro), e "Peter Rabbit: Coelho à Solta" (marcado para 26 de março, para coincidir com as férias da Páscoa, alterou para 7 de agosto).

Ao contrário destes, a alteração é quase em cima da data de lançamento, com a campanha de promoção em pleno: Emily Blunt esteve no programa de James Corden na quarta-feira à noite.

A Paramount adiou "The Lovebirds", uma comédia de ação com Kumail Nanjiani e Issa Rae: anunciada para 3 de abril, também ficou sem nova data (em Portugal, o filme já tinha sido retirado no mapa das estreias).

O estúdio também retirou o lançamento limitado do grande sucesso britânico "Blue Story", previsto para 20 de março em Nova Iorque e Los Angeles.

(*) A notícia foi atualizada às 15h07 para avançar com a confirmação oficial do adiamento a nível mundial e às 17h35 com o adiamento de "The Lovebirds" e "Blue Atory".

Mais informações sobre o COVID-19.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.