Donald Trump apareceu como uma das personagens na recente minissérie "The Comey Rule", interpretado por Brendan Gleeson, ironicamente um ator irlandês (que aceitou o papel à segunda abordagem e após a recusa de vários talentos americanos).

Mas isso deverá ser uma situação rara, a confiar no prestigiado argumentista Aaron Sorkin, que prevê que o atual presidente dos EUA não será representado como uma personagem dramática após deixar o cargo.

"The Comey Rule": já chegou a minissérie sobre Donald Trump e ex-diretor do FBI
"The Comey Rule": já chegou a minissérie sobre Donald Trump e ex-diretor do FBI
Ver artigo

"Muito se vai escrever sobre estes últimos anos, por argumentistas e dramaturgos. Mas a minha previsão é que nunca iremos ver Donald Trump como uma personagem no ecrã", explicou no programa "The View" do canal ABC o criador da série "The West Wing" ["Os Homens do Presidente"], sobre o mandato do presidente democrata fictício Josiah Bartlet (interpretado por Martin Sheen) e da sua equipa que trabalhava na icónica Ala Oeste da Casa Branca.

"Estará sempre fora do ecrã. Iremos vê-lo em televisões, em imagens de notícias, porque é simplesmente implausível como personagem. Podemos escrever sobre heróis e vilões, mas não existe algo como uma personagem interessante sem consciência", concretizou aquele que, segundo algumas fontes é o argumentista mais bem pago de Hollywood e tem um segundo filme como realizador, "The Trial of the Chicago 7", que fica disponível na Netflix a 16 de outubro.

Aaron Sorkin com Jessica Chastain

A opinião confirma declarações que Sorkin fez em 2018 ao programa "Nightline", da ABC.

"Só fala de duas coisas: dele mesmo e dos seus inimigos e isso é tudo. Sendo assim, é um personagem em que ninguém acreditaria num drama. Não tem nenhuma das qualidades de precisamos para contar uma história. Simplesmente não tem sangue ali", explicava.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.