Susan Sarandon e Geena Davis voltaram a juntar-se na sexta-feira para um evento de caridade num cinema ao ar livre em Los Angeles para festejar os 30 anos de "Thelma & Louise".

No evento também estiveram a argumentista Callie Khouri (que ganhou o único Óscar do filme) e um dos descapotáveis 1966 Ford Thunderbird turquesa utilizados durante a rodagem.

A julgar pelas redes sociais, um dos grandes sucessos no evento e online foram as t-shirts personalizadas criadas por uma pessoa amiga de Geena Davis e que Susan Sarandon espera que venham a ter procura e possam ser produzidas e vendidas para angariar fundos: a de Sarandon dizia "She’s My Thelma & I’m Her Louise" [Ela é a minha Thelma & Eu sou a sua Louise] e a de Davis com "I’m Her Thelma & She’s My Louise" [Eu sou a sua Thelma & Ela é a minha Louise].

Antes da exibição do clássico, o trio posou para fotografias (as atrizes até recriaram o icónico beijo), conversou sobre o impacto do filme e histórias da rodagem, mas também sobre algumas das reações, nomeadamente a de um crítico que lhe chamou "neo-fascista".

"Pensei que isto era um [filme] de cowboys com mulheres e camiões e vai ser muito divertido, Ridley [Scott] é um ótimo realizador e é um argumento divertido.", recordou Susan Sarandon, citada pela publicação The Hollywood Reporter.

"Subestimei completamente que estávamos a entrar por um território ocupado por homens brancos heterossexuais. Eles ofenderam-se e acusaram-nos de glorificar assassinatos e o suicídio e todo o tipo de coisas. Não parecia nada de especial, parecia que era invulgar que poderia haver uma mulher com quem se podia ser amiga num filme. Normalmente, se houvesse duas mulheres num filme, automaticamente por alguma razão odiavam-se uma à outra... de repente, o inferno desabou.", acrescentou sobre o impacto de "Thelma & Louise".

Já Geena Davis, nove anos mais nova, recordou como a comunicação social da altura anunciou que o filme "revolucionário" abriria portas para que se fizessem mais filmes centrados em mulheres.

"Fiquei a pensar, vamos sentar-nos e esperar que aconteça toda essa mudança mágica. Ainda estamos à espera. Realmente não aconteceu. A cada cinco anos ou mais, parece que há outro filme protagonizado por mulheres que é um grande sucesso e as pessoas dizem: ‘Bem, agora certamente tudo vai mudar’, e realmente não mudou.", constatou.

O QUE É FEITO DOS ATORES DE "THELMA & LOUISE".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.