Música, animação e uma história sobre a vida e o seu fim prometem fazer de "Soul - Uma Aventura com Alma" um sucesso entre pequenos e graúdos. O mais recente filme da Pixar viu a sua estreia nos cinemas cancelada devido à pandemia da COVID-19, mas chega agora ao serviço de streaming Disney+.

Criado por Mike Jones, responsável por "À Procura de Dory" ou "Coco", Kemp Powers, argumentista de "Star Trek: Discovery", Peter Docter, que assina também a realização e esteve por detrás de sucessos como "Divertida-Mente", e Dana Murray, produtora que trabalhou em filmes como "Up - Altamente", "Soul - Uma Aventura com Alma" estreia-se a 25 de dezembro e pode ser uma boa escolha para ver em família no dia de Natal.

Antes da estreia do filme, o SAPO Mag esteve à conversa com a equipa que criou a nova história de animação da Pixar. Na conversa, via Zoom, com jornalistas de todo o mundo, Docter, Murray e Powers revelam que o fio condutor para "Soul - Uma Aventura com Alma" surgiu depois de verem uma masterclass de Herbie Hancock no Youtube - veja aqui o vídeo que inspirou o filme.

Soul - Uma Aventura com Alma

"Quando encontrámos o vídeo da masterclass de Herbie Hancock, sinto que foi a partir daí que soubemos que Joe seria um músico de jazz", explica Dana Murray. Depois de escolhida a base para todo o filme, começaram a nascer as personagens, nomeadamente Joe Gardner, o protagonista, um músico de jazz.

A narrativa conta a história de um professor de música apaixonado pelo que faz, que se depara com a oportunidade única de concretizar um dos seus maiores sonhos: pertencer a um dos melhores clubes de jazz de Nova Iorque.

Veja o trailer:

"No entanto, uma pequena distração acidental leva o caricato professor das maravilhosas ruas nova iorquinas para uma distinta realidade, o The Great Before. Esta fantástica dimensão é o lugar onde todas as almas recém-nascidas formam as suas personalidades, adquirindo diferentes interesses e características antes de serem colocadas na terra. Desejando a todo o custo regressar à sua vida normal, Joe junta-se a uma destas novas almas, 22, para voltar ao mundo humano. Na aventura de recuperar a sua vida e de mostrar à ingénua 22 as maravilhosas possibilidades infinitas que a vida oferece, o simples professor de música descobre também a resposta a muitas das questões mais importantes da nossa existência", resume o Disney+ em comunicado.

Jamie Foxx, Tina Fey, Angela Bassett e Phylicia Rashad dão voz às outras personagens principais, sendo que o filme tem também a participação da atriz brasileira Alice Braga.

Soul - Uma Aventura com Alma

Apesar de abordar questões relacionadas com a morte, para Pete Docter (realizador), Dana Murray (produtora) e Kemp Powers (co-realizador e argumentista), os pais não têm de ter receio de mostrar o filme aos filhos. "Antes do filme estar terminado, fizemos uma exibição para crianças e isso é sempre revelador, é um teste para nós. Será que estamos enganados? As crianças vão perceber? (...) E, geralmente, saímos das exibições e os pais dizem-nos: 'isto pode ser um pouco complicado'... e depois os filhos explicam tudo aos pais", conta Kemp Powers, acrescentando que, no caso de "Soul - Uma Aventura com Alma", as "crianças conseguiram perceber tudo imediatamente".

"Acho que a Pixar é dos poucos lugares que trata as crianças com respeito, não tenta simplificar demasiado", acrescenta o argumentista.

Segundo o realizador, o objetivo era que o retrato da vida depois da morte fosse como "uma folha em branco". "Há muitas tradições, religiões... Não queríamos que fosse muito específico em termos de cultura", explica.

Soul - Uma Aventura com Alma

Em conversa com os jornalistas, a produtora Dana Murray explicou ainda que a Pixar trabalhou com uma equipa de consultores, como a antropóloga Johnetta Cole e o músico Questlove, para garantir a autenticidade das personagens e da cultura representada.

O primeiro filme da Pixar que se centra num protagonista negro

"Soul - Uma Aventura com Alma" é a primeira longa-metragem do estúdio de animação que se centra num protagonista negro, interpretado pelo ator Jamie Foxx. "Porque é que só agora há um protagonista negro? É uma boa pergunta e não sei se temos uma boa resposta. Estamos sempre a tentar refletir o máximo possível o mundo lá fora e estamos felizes por finalmente ter acontecido", sublinha o realizador em conversa com a imprensa. "É vergonhoso ter demorado tanto tempo", acrescenta.

Em conferência, citada pela agência Lusa, atriz e cantora Angela Bassett, que dá voz à estrela Dorothea Williams, frisou ainda a importância da representação de diversidade no formato animado, algo que tem sido raro até agora. "Isto tem muito significado", afirmou. "É excelente começarmos cedo com a ideia de que a humanidade é vasta e diversa", rematou.

Um filme terminado durante o confinamento

Na conferência, Dana Murray recordou que o filme foi finalizado já durante o confinamento. "Quando ficámos em casa, ainda nos faltavam sete semanas de produção. Acho que tivemos muito sorte porque a parte final é altamente técnica e as pessoas puderam facilmente pegar nas 'máquinas' e ir literalmente para casa. Em um ou dois dias ficou tudo a funcionar. A nossa equipa de sistemas é fantástica", explica a produtora, recordando que "adorou ver a vidas das pessoas, os seus filhos, os animais de estimação".

O realizador Pete Docter acrescenta ainda que produziram um documentário sobre o teletrabalho da equipa. "Geralmente, quando o filme está finalizado, juntámos toda a equipa numa grande sala e celebramos. Desta vez, com o filme completamente pronto, não conseguimos fazer isso - a maioria das pessoas que trabalharam em 'Soul' não viram o filme completo. (...) É um pouco bizarro", acrescenta.

A partir desta sexta-feira, dia 25 de dezembro, o filme poderá finalmente ser visto por toda a equipa e por todos os subscritores do Disney+.

Além do filme, chega esta semana ao serviço de streaming  "Burrow", a nova curta-metragem dos estúdios Pixar, inicialmente planeada para estrear em cinema em conjunto com o filme "Soul", mas que, tal como a longa-metragem e devido ao contexto de pandemia, passou a ter lançamento direto no Disney+.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.