Os Óscares costumam ser um dos grandes eventos para a indústria de limousines em Los Angeles, que até tem de mandar vir de fora da cidade.

Em crise profunda desde que começou a pandemia, a maior noite do cinema não vai ajudar: as estrelas vão ter de se deslocar para a cerimónia de 25 de abril em carros utilitários ou sedãs.

Outra diferença em relação aos anos anteriores é que apenas será permitido um discurso de agradecimento por categoria e o nome do porta-voz terá de ser submetido à organização com antecedência.

Conheça a lista completa de nomeados aos Óscares
Conheça a lista completa de nomeados aos Óscares
Ver artigo

Estas são duas das novidades que o Deadline Hollywood conseguiu reunir do encontro virtual que juntou na terça-feira os representantes dos estúdios e dos nomeados com os produtores da cerimónia Steven Soderbergh (realizador do filme "Contágio"), Jesse Collins e Stacey Sher, juntamente com o Doutor Erin Bromage, consultor da Academia para a COVID-19.

A esperança é conseguir juntar a maioria dos nomeados na vasta Union Station, a principal estação de transportes de Los Angeles, mas com os planos a serem refeitos conforme as circunstâncias da pandemia, já há opções para os que não queiram deslocar-se ou não consigam contornar as restrições às viagens.

A segunda base será Londres, descrita como "hub central", mas a Academia garante que não serão poupados esforços para ter opções virtuais disponíveis para todos os nomeados e evitar até ao limite o zoom, que teve resultados técnicos negativos noutros eventos da temporada. "Hub-satélites" já definidas são Paris e Praga.

A cerimónia está a ser descrita como uma produção de cinema e não haverá apresentadores nestas cidades europeias. As únicas imagens por satélite exibidas serão com os vencedores.

Um caminho longo até chegar a Los Angeles a 25 de abril

Dolby Theatre

Além da passadeira vermelha, todo o pré-programa habitual antes de cerimónia em Los Angeles será ao ar livre.

Haverá números à volta de todas as canções nomeadas, mas não está ainda fechado que sejam no palco da "casa" tradicional dos Óscares, o Dolby Theatre. A outra hipótese é ser ao ar livre, no telhado do novo museu da Academia.

Não haverá bilhetes para responsáveis dos estúdios ou os seus convidados: a cerimónia será apenas para os nomeados e apresentadores, que não poderão levar segurança pessoal, que será assegurada pela organização.

Óscares invisíveis: maioria das pessoas não ouviu falar dos filmes nomeados
Óscares invisíveis: maioria das pessoas não ouviu falar dos filmes nomeados
Ver artigo

Os detalhes para a deslocação e segurança dos nomeados e apresentadores na Union Station são muito minuciosos.

Todos terão de trazer máscaras, mas ainda está a ser discutido com as autoridades de saúde se terão de as usar sempre.

Cada nomeado só poderá levar um convidado. O par tem de levar documento de identificação e é considerado um "casulo": não se podem separar e têm de estar sempre sentados durante a cerimónia. A ambos é pedido que evitem comportamentos que possam resultar em risco de contágio nas duas semanas anteriores e que sejam testados com frequência.

Aos nomeados e aos seus convidados que estejam na área de Los Angeles e Califórnia está a ser pedido que se mantenham em confinamento na semana anterior, evitando festas privadas, restaurantes, rodagem de cenas íntimas, etc.

Todos os que se desloquem de fora da Califórnia e dos EUA também terão de ficar em isolamento. Aos nomeados internacionais a recomendação é que estejam em Los Angeles até 17 de abril para serem testados a 21.

Todos os planos de viagem têm de ser aprovados pelo consultor da Academia para a COVID-19 .

Quem tenha sido vacinado nas duas semanas anteriores também pode apresentar documentação oficial, disponível num "pacote de saúde" com formulários que terão de ser preenchidos pelos representantes de todos os nomeados (e respetivos convidados).

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.