As comédias românticas praticamente desapareceram nos cinemas, mas transferiram-se para as plataformas de streaming e continuam a ser um dos géneros mais populares.

Certamente a pensar nisto, a Netflix assinou contrato com Nancy Meyers para escrever, produzir e realizar um filme, avançou em exclusivo o Deadline.

Trata-se da rainha das comédias românticas atrás das câmaras: escreveu os argumentos de filmes como "Loucuras de Uma Recruta" (1980), "Uma Mulher dos Diabos" (1986), "Quem Chamou a Cegonha" (1987) e a nova versão de "O Pai da Noiva" (1991) e da sequela (1995), a maioria deles realizados pelo então marido Charles Shyer.

A seguir, acumulou o argumento com a realização noutros sucessos de bilheteira: "Pai para Mim... Mãe para Ti..." (1998), "Alguém Tem que Ceder" (2003), "O Amor não Tira Férias" (2006), "Amar... é Complicado!" (2009) e "O Estagiário" (2015), o seu último filme.

Apenas como realizadora destaca-se outro título muito popular protagonizado por Mel Gibson e Helen Hunt: "O Que As Mulheres Querem" (2000).

Não são conhecidos detalhes sobre o novo projeto exceto que, tal como na maioria dos seus filmes, será uma comédia onde várias personagens partilham o protagonismo.

Nancy Meyers e a Netflix já se tinham juntado para a curta-metragem especial "Father of the Bride Part 3 (ish)", lançada apenas nas redes sociais, que juntou os elencos dos dois "O Pai da Noiva" e ainda Robert De Niro, Florence Pugh e Ben Platt, para apoiar durante a pandemia a organização "World Central Kitchen", fundada pelo 'chef' José Andrés.

Aí nasceu uma relação artística e segundo o Deadlnme, quando Nancy Meyers teve a ideia para um novo filme, os responsáveis da Netflix fecharam o contrato.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.