Em 2014, James Gunn contribuiu para revitalizar o cinema dos super-heróis da Marvel com "Guardiões da Galáxia", seguido pela sequela três anos mais tarde.

Pouco depois de ser despedido pela Disney no verão de 2018 por causa de comentários polémicos antigos nas redes sociais, o realizador transferiu-se para a DC Comics e o resultado é aguardado com expectativa: "O Esquadrão Suicida".

O filme está a ser descrito como um "recomeço" que não é nem uma sequela nem uma nova versão do filme de 2016, apesar de regressarem os atores Margot Robbie, Joel Kinnaman, Jai Courtney e Viola Davis. E também como uma mistura de géneros, cruzando os super-heróis com as sensações dos antigos filmes de guerra.

Segundo James Gunn, isto acontece em parte... por causa da sua crescente antipatia pelo filmes de super-heróis.

"Para mim, neste momento são principalmente chatos. Adorava-os no início e ainda há pessoas a tentar fazer coisas diferentes [com eles], portanto não é uma regra a 100%, mas muitos deles são chatos.", partilhou numa entrevista com a SFX Magazine.

A estratégia, acrescentou, passa então por "trazer outros elementos de diferentes géneros" para "O Esquadrão Suicida".

“Adorei a ideia de fazer um filme de super-vilões de guerra e golpada. Filmes como 'Os Doze Indomáveis Patifes' [1967] e 'O Desafio das Águias' [1968], são de diferentes elementos, desde o pano de fundo da guerra e o elemento do golpe, as movimentações sorrateiras, o risco elevado, a aventura", especificou.

Com novidades como Idris Elba, Jon Cena, Alice Braga ou a portuguesa Daniela Melchior, o novo esquadrão é recrutado da prisão e armado até aos dentes antes de ser "atirado" para uma ilha "à la Corto Maltese", remota e recheada de inimigos, para destruir um laboratório de era Nazi que esconde um "segredo terrível".

"Isso deu-me uma ótima desculpa para criar um filme de um género que adoro desde que era miúdo e fazer isso em grande estilo e sem ter que me conter", acrescentou James Gunn.

"Perdoado" pela Disney em março de 2019, o realizador vai regressar à Marvel para fazer o terceiro "Guardiões da Galáxia", com estreia anunciada para 2023.

Antes disso, "O Esquadrão Suicida" chega aos cinemas portugueses a 5 de agosto.

VEJA O TRAILER LEGENDADO.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.