A atriz britânica Barbara Shelley, protagonista de alguns dos mais célebres filmes de terror, morreu aos 88 anos, foi anunciado esta segunda-feira (4).

Segundo o seu representante Thomas Bowington, a atriz tinha estado recentemente no hospital e recuperado da COVID-19, mas faleceu por outras patologias.

Com presença popular nas convenções e muitos fãs até ao fim da vida, entre os filmes mais conhecidos de Barbara Shelley estão "Blood of the Vampire" (1958), "A Aldeia dos Malditos" (1960), "A Morte Passou Por Perto" (1964), "Drácula - O Príncipe das Trevas" (1966), "Rasputin, o Monge Louco" (1966) e "O Mundo das Trevas" (1967).

Vários destes filmes onde contracenou com Christopher Lee e Peter Cushing foram para o estúdio britânico Hammer, célebre pelas produções góticas a cores entre meados das décadas de 1950 e 1960 à volta de Drácula, Frankenstein, A Múmia e outros seres fantásticos.

"Ela realmente foi a principal protagonista da Hammer e a Rainha do Technicolour da Hammer. No ecrã, ela podia ser tranquilamente malvada. Ela vai da beleza escultural à selvajaria apenas animalesca", destacou Thomas Bowington à Press Association.

"Ela adorava o Christopher Lee e Peter Cushing and gostava de trabalhar com eles, isso era muito precioso para ela", acrescentou.

Barbara Shelley entrou ainda em episódios de séries bem conhecidas, como "O Santo", "Os Vingadores", "The Man from U.N.C.L.E." e "Doctor Who" e até na "soap opera" "EastEnders".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.