Fundada em 1909, a National Board of Review é a mais antiga organização norte-americana a distribuir prémios anuais de cinema e é composta por cerca de 110 membros selecionados, que incluem cineastas, académicos e estudiosos da área de Nova Iorque.

"Mad Max: Estrada da Fúria", a reinvenção realizada por George Miller sobre o homem solitário que tenta sobreviver em território inóspito e Furiosa, uma guerreira em fuga da tirania, foi considerado o Melhor Filme de 2015, num sinal que não pode ser desvalorizado na atual corrida de prémios.

O mesmo se aplica a outro popular e comercial título, "Perdido em Marte", que conquistou três distinções: melhor realização (Ridley Scott), Ator (Matt Damon) e Argumento Adaptado.

Outro título a seguir com atenção foi apenas recentemente apresentado aos críticos: "Os Oito Odiados" valeu os prémios de melhor argumento original para Quentin Tarantino e Atriz Secundária para Jennifer Jason Leigh.

Já Brie Larson tem sido vista como a grande favorita aos prémios de melhor atriz por "Room" e a NBR confirmou-o mais uma vez , enquanto Sylvester Stallone volta a ganhar prémios como Rocky Balboa em "Creed: O Legado de Rocky".

Embora não sejam vistos como grandes previsores dos Óscares, a lista dos 10 filmes do ano do National Board of Review costuma incluir os títulos que vão ser falados nos próximos meses e que acabam por conseguir outros prémios.

Se assim for, para além de "Mad Max: Estrada da Fúria", os títulos de 2015 que ganham projeção são "O Caso Spotlight", "Creed - O Legado de Rocky", "Inside Out (Divertida-Mente)", "Os Oito Odiados", "Perdido em Marte", "A Ponte dos Espiões", "Room", "Sicario" e "Straight Outta Compton".

Eis a lista completa dos melhores de 2015 segundo a National Board of Review:

Melhor Filme: "Mad Max: Estrada da Fúria"

Melhor Realizador: Ridley Scott por "Perdido em Marte"

Melhor Ator: Matt Damon por "Perdido em Marte"

Melhor Atriz: Brie Larson por "Room"

Melhor Ator Secundário: Sylvester Stallone por "Creed: O Legado de Rocky".

Melhor Atriz Secundária: Jennifer Jason Leigh por "Os Oito Odiados"

Melhor Argumento Original: Quentin Tarantino por "Os Oito Odiados"

Melhor Argumento Adaptado: Drew Goddard por "Perdido em Marte"

Melhor Longa-Metragem de Animação: "Inside Out (Divertida-Mente)"

Atores Revelação: Abraham Attah por "Beasts of No Nation" e Jacob Tremblay por "Room"

Melhor Estreia na Realização: Jonas Carpignano por "Mediterranea"

Melhor Filme em Língua Estrangeira: "Filho de Saul" (Hungria)

Melhor Documentário: "Amy"

William K. Everson Film History Award: Cecilia De Mille Presley (neta do realizador Cecil B. DeMille e ligada à preservação de filmes)

Melhor Elenco: "A Queda de Wall Street"

Spotlight Award: Colaboração visual em "Sicario":

Prémio NBR Freedom de Liberdade de Expressão: "Beasts of No Nation" e "Mustang"

Top 5 de Filmes de Língua Estrangeira (em ordem alfabética): "Goodnight Mommy", "Mediterranea", "Phoenix", "The Second Mother" e "The Tribe"

Top 5 de Documentários (em ordem alfabética): "Best of Enemies", "The Black Panthers: Vanguard of the Revolution", "The Diplomat", "Listen to Me Marlon" e "The Look of Silence"

Top 10 Filmes Independentes (em ordem alfabética): "‘71", "45 Years", "Cop Car", "Enquanto Somos Jovens", "Ex Machina", "Grandma", "James White", "Mississippi Grind", "Vai Seguir-te" e "Welcome to Me".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.