O quinto filme "Indiana Jones" ainda não tem um título oficial, mas a equipa divulgou os primeiros pormenores oficiais num dossier especial para a revista britânica Empire.

Numa homenagem aos filmes anteriores criados por Steven Spielberg com o produtor George Lucas, existe uma primeira cena que lança as pistas para o que se segue: a história principal decorre em 1969, com a corrida espacial em pano de fundo, mas começa em 1944 e num castelo, com o arqueólogo mais famoso da história do cinema outra vez a enfrentar os nazis.

Ou seja, seis anos após os acontecimentos de "Indiana Jones e a Grande Cruzada" (1989), mas antes do quarto filme, "Indiana Jones e O Reino da Caveira de Cristal" (2008), que se passava em 1957.

Para isso, Harrison Ford, de 80 anos e com 79 durante a rodagem, foi rejuvenescido com as mais modernas técnicas de efeitos visuais para ficar parecido com o aspeto que tinha na trilogia original lançada entre 1981 e 1989.

A suceder a Spielberg na cadeira de realizador, James Mangold explicou à Empire que a intenção é que os espectadores possam constatar a mudança da década de 1940 para a de 60 não apenas como um "conceito intelectual", mas literalmente à frente dos seus olhos.

O resultado até ultrapassou a desconfiança da famosa estrela, que certamente tinha na cabeça as experiências noutros filmes, como "Rogue One: Uma História de Star Wars" (2016) ou "O Irlandês" (2019).

"Esta é a primeira vez que vejo onde acredito. É um pouco assustador. Acho que nem quero saber como funciona, mas funciona", contou à revista.

"No entanto, não me fez querer ser jovem. Estou feliz por ter conquistado a minha idade", acrescentou.

Ford filmou as novas cenas, que foram combinadas através de software e outras técnicas com material de arquivo em que era mais jovem. E até o famoso casaco de couro usado em "Os Salteadores da Arca Perdida" (1981) foi recuperado do armazém para ser duplicado.

"Embora vá ser falado em termos de tecnologia, a minha esperança é que apenas o vejam e digam, 'Oh, meu Deus, eles encontraram imagens. Isto foi uma coisa que eles filmaram há 40 anos'. Estamos a lançar-vos numa aventura, em algo que o Indy anda à procura e instantaneamente fica-se com aquela sensação 'Estou num filme de Indiana Jones'", disse à revista Kathleen Kennedy, a habitual produtora dos filmes.

Com estreia nos cinemas marcada para 30 de janeiro de 2023, ao lado de Ford estarão Phoebe Waller-Bridge como a "afilhada", Mads Mikkelsen como um ex-nazi (até que ponto é "ex" será uma das questões abordadas, explicou um dos argumentistas) e ainda Thomas Kretschmann, Boyd Holbrook, Shaunette Renée Wilson, Toby Jones e Antonio Banderas. E consta que existem surpresas no elenco por revelar.

A meio de novembro, o realizador prometeu que um primeiro trailer será lançado dentro de um mês, o que aponta para a chegada aos cinemas de "Avatar: O Caminho da Água", lançado pela mesma distribuidora, a Disney.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.