No final de "Homem-Aranha: Longe de Casa", todo o mundo ficou a saber que o Homem-Aranha é, afinal, o estudante Peter Parker. E resolver esta confusão passa por contactar o Dr. Estranho, o Mestre das Artes Místicas, para tentar que essa informação seja apagada da cabeça das pessoas, recorrendo a um feitiço muito perigoso e que parece abrir a porta a realidades inesperadas, nomeadamente ao multiverso.

Resultado: também abre a porta para que "Homem-Aranha: Sem Volta a Casa" possa vir a ser o segundo filme mais longo do Universo Cinematográfico Marvel, apenas batido pelas três horas de "Vingadores: Endgame".

O importante 'site' de venda de bilhetes online brasileiro Ingresso, que pertence à multinacional Concast através da Fandango, listou o terceiro filme do super-herói aracnídeo protagonizado por Tom Holland e realizado por Jon Watts com 159 minutos, antes de remover e colocar o genérico '0 minutos', mas não a tempo de evitar a partilha da informação.

Se a duração se confirmar, todos os filmes com o super-herói como protagonista empalidecem na comparação: o mais curto continua a ser o "Homem-Aranha" original com Tobey Maguire, de 2002, com 121 minutos, enquanto oficialmente o mais longo ainda é "O Fantástico Homem-Aranha 2: O Poder de Electro" com Andrew Garfield, de 2014, com 142 minutos.

Já era sabido que, após as séries "WandaVision", "Loki" e "E Se...", seria com "Homem-Aranha: Sem Volta a Casa" que o conceito de multiverso, feito de realidades paralelas, ia entrar em pleno no Universo Cinematográfico Marvel no cinema. Neste caso, para delírio dos fãs, seria com a introdução de outras encarnações do Homem-Aranha do grande ecrã, havendo muitos rumores de que Tobey Maguire e Andrew Garfield poderão retomar os seus papéis, o que tem promovido uma intensa especulação e discussão na internet.

Dando gás a essa teoria, Jamie Foxx confirmou que estará presente como o vilão Electro, que interpretara em "O Fantástico Homem-Aranha 2: O Poder de Electro", mas por enquanto o que é oficial já pode ser visto no primeiro trailer, lançado em agosto: o regresso de Alfred Molina como Dr. Octopus (de "Homem-Aranha 2", de 2004) e a voz e presença de Willem Dafoe como Norman Osborn/Green Goblin (do "Homem-Aranha" de 2002).

Essa primeira trilogia de filmes, fundamental no lançamento da moda de super-heróis no cinema que hoje vivemos, foi realizada por Sam Raimi, que assina o filme seguinte do Universo Cinematogra´fico Marvel, "Doctor Strange in the Multiverse of Madness", com estreia agendada para maio de 2022.

"Homem-Aranha: Sem Volta a Casa" recupera o principal elenco dos filmes anteriores, nomeadamente Zendaya como MJ, Marisa Tomey como Tia May, Jacob Batalon como Ned Leeds e Jon Favreau como Harold "Happy" Hogan, além de Benedict Cumberbatch como Dr. Estranho e Benedict Wong como Wong, que veremos já de volta ao MCU na próxima semana em "Shang Chi e a Lenda dos Dez Anéis".

A estreia de "Homem-Aranha: Sem Volta a Casa" está agendada para 16 de dezembro.

Veja o trailer:

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.