Sempre dama de honor, nunca a noiva, Glenn Close conseguiu a oitava nomeação para os Óscares com o filme "Lamento de uma América em Ruínas" esta segunda-feira (15), na categoria de Melhor Atriz Secundária.

Na sexta-feira (12), o filme de Ron Howard já lhe valera a nomeação na mesma categoria para os Golden Raspberry Awards, os prémios que distinguem os piores no cinema, popularmente conhecidos por Razzies.

É apenas a terceira vez que um ator consegue ser nomeado para um Óscar e um Razzie pelo mesmo papel: aconteceu com James Coco por "Sempre Te Amei" (1981) e Amy Irving por "Yentl" (1983). Ambos perderam os dois prémios.

Para Melhor Atriz Secundária, Glenn Close concorre com Maria Bakalova ("Borat, O Filme Seguinte"), Olivia Colman ("O Pai"), Amanda Seyfried (Mank") e Youn Yuh-jung ("Minari").

Para Pior Atriz Secundária, a concorrência vem de Lucy Hale ("A Ilha da Fantasia"), Maggie Q ("A Ilha da Fantasia"), Kristen Wiig ("Mulher-Maravilha 1984") e Maddie Ziegler ("Music").

Lista completa de nomeados aos Óscares

Conheça a lista completa de nomeados aos Óscares
Conheça a lista completa de nomeados aos Óscares
Ver artigo

Entre os atores mais vezes na corrida sem nunca ganhar um prémio competitivo, as oito nomeações de Glenn Close também igualam as de Peter O'Toole, que recebeu uma estatueta honorária em 2002.

Entre as atrizes, já tinha ultrapassado a "concorrência" das lendárias Deborah Kerr (1921-2007), Thelma Ritter (1902-1969) e Amy Adams, todas com seis nomeações infrutíferas, quando perdeu a sétima nomeação por "A Esposa" para Olivia Colman em "A Favorita" em 2018.

Os "vencedores" dos Razzies serão conhecidos a 24 de abril, um dia antes dos verdadeiros Óscares.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.