O LUX Prémio do Público 2021 foi hoje atribuído ao filme “Collective”, do realizador romeno Alexander Nanau, no Parlamento Europeu (PE), em Estrasburgo.

O prémio foi criado em 2007 pelo PE para distinguir filmes sobre a identidade e a diversidade cultural na Europa.

Este ano, o Parlamento Europeu associou-se à Academia de Cinema Europeia, à Comissão Europeia e à rede Europa Cinemas para a nova versão do prémio, que passou a chamar-se LUX Prémio do Público, tendo a votação final sido determinada pela combinação da classificação média do voto do público e do voto dos deputados ao Parlamento Europeu, com cada grupo a pesar 50%.

O filme de Alexander Nanau parte de um incêndio numa discoteca que resultou, depois de denúncia de um médico, numa investigação por um grupo de jornalistas a uma fraude no sistema de saúde romeno.

VEJA O TRAILER.

"Another Round" ("Mais Uma Rodada"), do realizador dinamarquês Thomas Vinterberg, que venceu este ano o Óscar de Melhor Filme Internacional e ainda está nos cinemas portugueses, e “Corpus Christi”, do polaco Jan Komasa, completaram a lista de finalistas.

"Collective" esteva nomeado para os Óscares deste ano nas categorias de Melhor Filme Internacional e de Melhor Documentário. Chega aos cinemas portugueses a 24 de junho.

"Corpus Christi - A Redenção" foi nomeado para os Óscares do ano passado na categoria de Melhor Filme Internacional. Estreou em Portugal a 6 de fevereiro de 2020.

O PE financia a legendagem dos filmes finalistas do Prémio Lux nas 24 línguas oficiais da UE.

O filme vencedor, escolhido pelos eurodeputados, é também adaptado para as pessoas com incapacidades visuais ou auditivas.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.