Os fãs podem ficar descansados: Deadpool não só vai regressar ao cinema com Ryan Reynolds, como está oficialmente integrado no Universo Cinematográfico Marvel (MCU) e não perderá a linguagem para adultos e comportamentos ultrajantes que o tornaram um fenómeno tão popular.

A confirmação foi dada pelo próprio presidente dos Estúdios Marvel, Kevin Feige.

A Disney já tinha indicado que o super-herói dos filmes de 2016 e 2018 seria a única personagem dos "X-Men" a sobreviver após o acordo de fusão com o estúdios 20th Century Fox, mas o seu futuro no cinema ainda estava a ser "debatido" dentro da Marvel.

Alguns fãs expressaram o receio de que seria "domesticado" e viram como um "teste" o lançamento em dezembro de 2018 de "Once Upon a Deadpool", uma versão editado do segundo filme para maiores de 13 anos, a mesma de todos os títulos do MCU.

Mas Kevin Feige garante que há futuro para uma personagem "muito diferente" dentro do estúdio e indicou que está definida a orientação para o terceiro filme.

"Vai ter classificação R [só pode ser visto por adolescentes abaixo dos 17 anos apenas se estiverem acompanhados pelos pais] e estamos neste momento a trabalhar num argumento, com o Ryan a supervisionar", explicou em entrevista ao Collider.

A má notícia é que vai ser preciso continuar a esperar: a rodagem não arrancará este ano.

"O Ryan é um ator muito ocupado e de grande sucesso. Temos uma série de coisas que já anunciámos que agora temos que fazer, mas é emocionante ver que isto está a começar. Um tipo de personagem muito diferente dentro do MCU e o Ryan é uma força da natureza, é simplesmente incrível vê-lo trazer esta personagem à vida", concluiu.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.