Os cinemas da Madeira registaram aumentos superiores a 200% nos indicadores de sessões, espetadores e receitas, no primeiro semestre deste ano, em termos homólogos, mas os valores “ainda estão longe” dos registados em 2019, antes da pandemia, foi hoje anunciado.

Segundo informação da Direção Regional de Estatística da Madeira, com base nos dados provisórios do Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), as salas de cinema do arquipélago receberam 69.237 espetadores nos primeiros seis meses deste ano, o que representa um aumento de 284,2% em comparação com o mesmo período de 2021.

Neste primeiro semestre, os cinemas tiveram receitas de 368 mil euros, um acréscimo de 283,2% na mesma análise, e foram contabilizadas 6.294 sessões de cinema, o que traduz um acréscimo de 205,4%.

“De qualquer modo, os valores dos primeiros seis meses de 2022 ainda estão longe do período homólogo de 2019, com o número de espetadores e as receitas a ficarem 41,6% e 39,1% abaixo desse referencial, respetivamente”, lê-se no mesmo documento.

A Direção Regional de Estatística da Madeira salienta que os cinemas da região estiveram encerrados durante vários meses devido à implementação das medidas de contenção da pandemia do covid-19, “o que indubitavelmente se refletiu nas variações apresentadas para o semestre de referência”.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.