"Raúl Ruiz Para Siempre" é o título de um ciclo que o cinema Nimas, em Lisboa, dedica ao realizador chileno, a partir de quinta-feira e até ao final do mês.

A intenção, segundo a Leopardo Filmes, é assinalar os dez anos da morte do cineasta, recordando oito filmes, nomeadamente "Mistérios de Lisboa", uma das obras que Ruiz rodou em Portugal ao longo da carreira.

O ciclo começa com "O Tempo Reencontrado" (1999), com apresentação do produtor Paulo Branco, que trabalhou com Ruiz, seguindo-se, entre outros, "Três Vidas e uma Só Morte" (1996), "Klimt" (2006) e "Combate de Amor em Sonho" (2000).

Raul Ruiz morreu a 19 de agosto de 2011 em Paris, aos 70 anos.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.