A Disney divulgou o primeiro trailer de "Cruella".

Emma Stone é a icónica vilã Cruella de Vil e o filme contará a história das origens da famosa amante de casacos de peles dos filmes "Os 101 Dálmatas".

Ao seu lado estão Emma Thompson, Mark Strong e Paul Walter Hauser, entre outros.

O filme é realizado por Craig Gillespie, que fez "Lars e o Verdadeiro Amor" (2007) e, mais recentemente, "Eu, Tonya" (2017).

VEJA O TRAILER LEGENDADO.

Segundo a sinopse oficial, a história decorre em Londres, nos anos 1970, a meio da revolução do punk rock, e segue uma jovem vigarista chamada Estella, uma rapariga inteligente e criativa determinada a fazer vingar o seu nome através das suas roupas. Ela faz amizade com um par de jovens ladrões que apreciam o seu apetite por problemas e, em conjunto, constroem uma vida nas ruas da capital britânica.

Um dia, o talento de Estella para a moda chama a atenção da Baronesa von Hellman, uma lenda da moda devastadoramente chique e assustadoramente elitista (Emma Thompson), mas o seu relacionamento origina uma série de eventos e revelações que farão com que Estella abrace o seu lado perverso e se torne na estridente, elegante e vingativa Cruella.

A vilã que perseguia os cães para usar a sua pele para um novo casaco já surgiu no cinema na animação "Os 101 Dálmatas" que a Disney fez em 1961, onde a personagem tinha a voz de Betty Lou Gerson.

Em 1996, houve o famoso casting de Glenn Close para a versão em imagem real que se tornou um popular filme para toda a família.

Com estreia anunciada nos cinemas para 28 de maio, "Cruella" sucede a "Mulan" na estratégia da Disney de fazer filmes em imagem real baseados ou inspirados pelos seus clássicos de animação. Em preparação estão novas versões de "A Pequena Sereia", "Peter Pan & Wendy", "Pinóquio", "Hércules" e uma sequela de "O Rei Leão".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.