A abertura deste espaço cultural, contíguo à biblioteca municipal, esteve agendada para janeiro, mas foi adiada para hoje, por causa da pademia da COVID-19.

A Casa das Imagens resulta de uma doação que Lauro António fez à Câmara Municipal de Setúbal de cerca de 50 mil livros, filmes, fotografias, cartazes, documentos e objetos relacionados com cinema e imagem.

"Aquilo que vai inaugurar-se é uma biblioteca, uma mediateca - tenho cerca de 10 mil DVD de filmes, VHS - e ainda um arquivo pessoal com várias coisas relacionadas com cinema, com a minha atividade como realizador e como crítico e outras coisas mais", explicou Lauro António, em janeiro, à agência Lusa.

O que foi cedido para a Casa das Imagens é apenas uma parte do acervo pessoal que Lauro António quis disponibilizar para consulta pública, para que não se dispersasse ou caísse no esquecimento.

É Lauro António que ficará a dirigir a Casa das Imagens e a dinamizar uma programação com ciclos de cinema e publicação de livros - o primeiro dos quais sobre o filme negro norte-americano -, debates e criação de um arquivo de entrevistas de vida de figuras ligadas a esta arte.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.