O ator e apresentador de TV ucraniano Pasha Lee morreu este domingo na Ucrânia durante o bombardeamento de Irpin, nos arredores da capital Kyiv (Oeste).

Também conhecido por Pavlo Li e Pasha Li, tinha 33 anos e juntara-se às tropas ucranianas no primeiro dia da invasão russa.

A agência de notícias ucraniana Ukrinform divulgou a notícia da sua morte, citando o presidente do Sindicato Nacional dos Jornalistas, Sergiy Tomilenko. A confirmação foi feita ainda pelo Festival Internacional de Cinema de Odessa.

O trabalho mais recente de Pasha Lee foi na série ucraniana "Provincial" (2021). Antes, teve papéis secundários em "The Fight Rules" (2017), um drama num mundo do MMA, e na comédia "Meeting of Classmates" (2019).

Numa mensagem no seu Instagram no sábado, Pasha Lee escrevera: “Nas últimas 48 horas, há uma oportunidade de sentar e tirar uma fotografia de como estamos a ser bombardeados e a sorrir porque vamos conseguir e tudo será UCRÂNIA. Estamos a trabalhar!".

Outras figuras públicas conhecidas a nível internacional envolvidas na defesa da Ucrânia são os irmãos e antigos campeões de boxe Vitali e Wladimir Klitschko (o primeiro é o presidente da câmara de Kyiv), e os campeões de boxe Oleksandr Usyk e Vasiliy Lomachenko.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.