Um estudo sobre a banalidade do mal, "A Zona de Interesse" foi eleito o melhor filme de 2023 pela Associação de Críticos de Los Angeles (LAFCA), uma das mais respeitadas dos EUA.

Com estreia portuguesa anunciada para 18 de janeiro, o primeiro filme de Jonathan Glazer uma década depois de "Debaixo da Pele" e premiado no Festival de Cannes narra a vida familiar banal do comandante que dirigia o campo de extermínio de Auschwitz.

"Oppenheimer" foi o filme que ficou em votação no palmarés, votado pelos membros da organização no domingo.

A LAFCA é uma das associações de críticos mais respeitadas dos EUA, mas a escolha de Melhor Filme alinhou apenas onze vezes em 48 anos com as dos Óscares, incluindo no recente "Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo".

Por outro lado, apenas quatro dos eleitos desde 2000 falharam a nomeação na categoria, o que confirma as apostas no filme de Jonathan Glazer, eleito para Melhor Realização, ficando Yorgos Lanthimos ("Pobres Criaturas") em segundo lugar.

Quatro atrizes foram distinguidas nas categorias de interpretação, que não fazem distinção de género pelo segundo ano consecutivo: Sandra Hüller ("Anatomia de uma Queda" e "Zona de Interesse") e Emma Stone ("Pobres Criaturas") partilharam Melhor Interpretação Principal, enquanto Rachel McAdams ("Are You There, God? It’s Me Margaret") e Da’Vine Joy Randolph ("Os Excluídos) foram as escolhas pra Melhor Interpretação Secundária.

Andrew Scott ("All of Us Strangers) e Jeffrey Wright ("American Fiction") foram os finalistas na primeira categoria e Lily Gladstone ("Assassinos da Lua das Flores") e Ryan Gosling ("Barbie") da segunda.

Lista de prémios

Melhor Filme
"A Zona de Interesse"
Segundo lugar: "Oppenheimer"

Melhor Realização
Jonathan Glazer ("A Zona de Interesse")
Segundo lugar: Yorgos Lanthimos ("Pobres Criaturas")

Melhor Interpretação Principal
Sandra Hüller ("Anatomia de uma Queda" e "Zona de Interesse") e Emma Stone ("Pobres Criaturas")
Segundo lugar: Andrew Scott ("All of Us Strangers) e Jeffrey Wright ("American Fiction")

Melhor Interpretação Secundária
Rachel McAdams ("Are You There, God? It’s Me Margaret") e Da’Vine Joy Randolph
Segundo lugar: Lily Gladstone (""Assassinos da Lua das Flores") e Ryan Gosling ("Barbie")

Melhor Argumento
"All of Us Strangers"
Segundo lugar: "May December - Segredos de um Escândalo"

Melhor Animação
"O Rapaz e a Garça"
Segundo lugar: "Robot Dreams"

Melhor Filme Estrangeiro
"Anatomia de uma Queda"
Segundo lugar: "Totem"

Melhor Documentário
"Menus-Plaisirs — Les Troisgros"
Segundo lugar: "The Eternal Memory"

Melhor Montagem
"Anatomia de uma Queda"
Segundo lugar: “All of Us Strangers"

Melhor Design de Produção
"Barbie"
Segundo lugar: “Pobres Criaturas"

Melhor Banda Sonora
“A Zona de Interesse"
Segundo lugar: "Barbie"

Melhor Fotografia"
"Pobres Criaturas"
Segundo lugar: "Assassinos da Lua das Flores" e "Barbie"

Prémio Experimental Douglas Edwards
"Youth (Spring)", de Wang Bing

Prémio Nova Geração
Celine Song por "Vidas Passadas"

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.