A corrida aos Óscares já arrancou e os primeiros prémios que a antecipam começam agora a acontecer. Uma das primeiras paragens são os Gotham Awards, que premeiam o cinema independente, e cujo grande vencedor foi “A Filha Perdida”, estreia na realização da atriz Maggie Gyllenhaal, que já conquistara o galardão de Melhor Argumento no Festival de Veneza. Baseado num romance homónimo de Elena Ferrante e protagonizado por Olivia Colman, o filme centra-se numa mulher que se torna obcecada por uma mãe e uma filha durante as férias de verão, que a fazem recuar aos seus primeiros tempos de maternidade.

“A Filha Perdida” foi o grande vencedor da noite, conquistando não só os galardões de Melhor Filme mas também os de Realização (de primeira obra), Argumento e Melhor Interpretação para Olivia Colman, ex-aequo com Frankie Faison por “The Killing of Kenneth Chamberlain”, sendo este o primeiro ano que os Gotham Awards aboliram as categorias de Melhor Ator e Melhor Atriz, optando pela neutralidade de género na categoria. O filme é distribuído nos EUA e em vários países pela Netflix mas em Portugal chegará às salas de cinema a 3 de fevereiro de 2022.

Os outros nomeados a Melhor Filme foram “O Cavaleiro Verde”, “Pig”, “Passing” e “Test Pattern”, todos com orçamentos abaixo dos 35 milhões de dólares, condição essencial à nomeação, o que deixa de fora outros favoritos à corrida aos Óscares deste ano, como “O Poder do Cão” ou “Tick, Tick… Boom!”

Na categoria de Intérprete Revelação, a vencedora foi Emilia Jones, por “CODA” (Apple), o remake americano de “A Família Belier”, que também valeu a Troy Kotsur o troféu para Interpretação Secundária.

O filme de animação “Flee” ganhou na categoria de Documentário e o japonês “Drive My Car” na de Melhor Filme Internacional.
Nos prémios especiais não competitivos destacam-se o de Realização para Jane Campion, o de elenco para o filme “The Harder they Fall” (Netflix) e os de Interpretação para Peter Dinklage e Kristen Stewart.

Nas categorias de televisão, “Squid Game” (Netflix) venceu como Melhor Série “Long Form” e “Reservation Dogs” (FX) como Melhor Série “Short Form”, com o troféu na categoria das Interpretações a ser dividido por Ethan Hawke por “The Good Lord Bird” (Showtime) e Thuso Mbedu por “The Underground Railroad” (Amazon).

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.