Kafka escreveu este livro em seis meses, durante 1922, mas só foi publicado em 1924.

Esta é a história de "K., um agrimensor, ou talvez não, recrutado para prestar os seus serviços" num castelo "esbatido na paisagem que se diria ser uma cidadezinha miserável com um amontoado de casas aldeãs". K. foi contratado pelo "invisível conde Westwest e pelos enigmáticos e inalcançáveis 'senhores do Castelo'", segundo nota da editora.

"Perdido na burocracia labiríntica da administração, K. deambula pela aldeia, onde não é bem-vindo, envolve-se sexualmente com uma empregada de balcão, salta de um albergue para o outro, aceitando, por fim, o cargo de contínuo da escola".

Nascido em Praga, Kafka começou a escrever em 1904, dois anos depois terminou os seus estudos universitários, tendo-se doutorado em Direito.

Franz Kafka, de origem judia, de uma família que se expressava em alemão, publicou em vida sete livros e alguns textos em revistas. Entre os seus títulos destaca-se "A Metamorfose".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.