Este ano não haverá novamente NOS Alive, anunciou a organização na manhã desta quinta-feira, dia 20 de maio. O festival regressa ao Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras, em 2022, nos dias 6, 7, 8 e 9 de julho.

Em comunicado partilhado nas redes sociais, a organização frisa que "com limites de circulação entre países, fica inviabilizada a maioria das digressões": "A nossa missão é, e sempre será, dar-vos palco para criar as melhores memórias, ao som dos maiores nomes da música, sempre com o melhor cartaz. Momentos únicos que nos fazem arrepiar e apaixonar nos dias e noites que inspiram e põem a dançar até os corações mais tímidos. Estamos ansiosos por voltar ao Passeio Marítimo de Algés para vos receber de braços abertos, mas mantendo-se a situação pandémica atual que limita a circulação entre países, fica inviabilizada a maioria das digressões para o verão de 2021, o que nos obriga a adiar o festival para 2022".

créditos: TIAGO DAVID

"Não é uma decisão que tomamos de ânimo leve, mas pela responsabilidade que temos para com a segurança de todos os fãs, artistas, patrocinadores, parceiros, fornecedores, equipas de segurança, limpeza e restauração, equipas técnicas e de produção, toda a equipa do NOS Alive e para com o país, é a mais correta", sublinha a Everything Is New.

"Sempre demos espaço para acreditar e fazer o sonho acontecer. E sempre acreditámos que voltaríamos a estar juntos em 2021. O sonho não terminou, apenas continua em pausa, para que em 2022 voltemos ainda com mais vontade, mais força e mais vivos do que nunca. Porque, acreditem, se as saudades já apertavam, agora apertam ainda mais. E quando os primeiros acordes soarem bem alto, é sinal de que estamos de volta ao Passeio Marítimo de Algés, onde o pôr do sol no Palco NOS é o mais bonito do mundo. São essas as memórias que vão voltar em julho de 2022, ao sítio onde nunca se parou de sonhar", frisa a Everything Is New.

Bilhetes das edições de 2020 e 2021 são válidos para 2022

Os bilhetes adquiridos para a edição de 2020 e de 2021 do NOS Alive são válidos para os dias de semana correspondentes. "Por exemplo, se o seu bilhete era para uma quinta-feira será válido, apenas, para a quinta-feira de 2022", explica a promotora em comunicado.

"Pode também trocá-lo para outro dia mediante disponibilidade de lotação, ou por um vale no ponto de venda onde o mesmo foi adquirido, mediante a apresentação do bilhete e prova de compra", adianta a Everything Is New.

Já quem adquiriu bilhetes para o NOS Alive 2020, pode solicitar o reembolso "no prazo de 14 dias úteis após a data prevista para a realização do NOS Alive 2021, no ponto de venda onde foram adquiridos, mediante a apresentação do bilhete e prova de compra".

"Os portadores de bilhete NOS Alive 2021 não têm possibilidade de reembolso", explica a promotora. Em caso de dúvida, deverá consultar o site do festival.

Um verão sem festivais?

Ainda não há uma resposta definitiva a esta pergunta. Para já, festivais como Rock in Rio Lisboa e o NOS Primavera Sound, no Porto, anunciaram a decisão de adiar as suas edições para 2021.

O VOA Heavy Rock, Bons Sons, Gouveia Art Rock, ID No Limits, EDP CoolJazz e o Festival do Crato também já confirmaram que só regressam em 2022.

Já festivais como o Vodafone Paredes de Coura, MEO Marés Vivas ou MEO Sudoeste ainda não adiantaram detalhes sobre a sua realização.

O North Music Festival, festival que estava agendado para maio, anunciou o adiamento para setembro e outubro de 2021. O evento regressa à Alfândega do Porto entre 30 setembro e 2 de outubro - Deftones (30 de setembro), The Waterboys (2 de outubro) e The Script (2 de outubro) são algumas das bandas já confirmadas.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.