com o apoio MEO
Adere à fibra do MEO desde €29,99/mês. Exclusivo Online.

Imago mortis

Imago mortis

Imago mortis

Imago mortis

Conta-se que nos finais do Séc. XVII um cientista chamado Fumagalli fosse obcecado pela ideia de reproduzir as imagens. Ao longo das suas experiências descobriu a "Thanatografia": matando uma pessoa e tirando os seus olhos, era possível reproduzir a im

Conta-se que nos finais do Séc. XVII um cientista chamado Fumagalli fosse obcecado pela ideia de reproduzir as imagens. Ao longo das suas experiências descobriu a "Thanatografia": matando uma pessoa e tirando os seus olhos, era possível reproduzir a imagem retida na retina da pobre vitima. As suas experiências marcam o início de muitos crimes violentos: uma vez descoberto, Fumagalli foi condenado à morte. Mas hoje, o mesmo horripilante ritual parece repetir-se dentro de uma escola internacional de cinema.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.