Pesquisar Cartaz

Atualidade

Notícias

«Singularidades de Uma Rapariga Loura», de Manoel de Oliveira, estreia no Festival de Berlim

O mais recente filme de Manoel de Oliveira, "Singularidades de Uma Rapariga Loura", passará em estreia mundial na 59.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Berlim.

O realizador português assistirá em Berlim à estreia do filme, no Cinema Paris, na Kurfuerstendamm, famosa avenida da parte ocidental da cidade, em dia ainda a programar, disse hoje à Lusa a porta-voz do festival, Frauke Greiner.

«Singularidades de Uma Rapariga Loura» foi seleccionado para para a secção Berlinale Special, onde passam extra-concurso novas obras de realizadores contemporâneos que se caracterizam por serem pouco convencionais.

Com a escolha para esta secção, a Berlinale, que decorre entre 05 e 15 de Fevereiro, pretende assim "fazer uma homenagem especial" aos realizadores em causa e dar-lhes a oportunidade de apresentar pessoalmente os seus filmes, lê-se num comunicado de imprensa divulgado hoje.

Além de «Singularidades de Uma Rapariga Loura», produção luso-francesa baseada num conto de Eça de Queirós e protagonizado por Ricardo Trêpa, Catarina Wallenstein e Carlos Santos, serão exibidos mais 12 filmes na secção Berlinale Special, oito dos quais em estreia mundial.

A selecção inclui, nomeadamente, «Adam Resurrected», de Paul Schrader, com Willem Dafoe, «Bellamy», de Claude Chabrol, com Gérard Depardieu, «Terra Madre» de Ermanno Olmi, e «Effi Briest», da alemã Hermine Huntgeburth, com Julia Jensch.

Também esta semana, foram já anunciados 25 dos 26 filmes seleccionados para a principal secção da Berlinale, a Competição, oito dos quais serão exibidos extra-concurso.

A película que falta para completar esta secção será anunciada em conferência de imprensa em Berlim, a 27 de Janeiro.

Ao longo do 59º Festival de Berlim, considerado um dos três maiores do mundo, a par dos seus congéneres de Cannes e de Veneza, serão exibidos cerca de 800 filmes nas várias secções, seleccionados entre quase seis mil obras visionadas pela equipa chefiada pelo director Dieter Kosslick.

Fonte: SAPO/Lusa

Comente esta história ↓ ou leia outros artigos...

Alguns artigos relacionados

Neste Artigo

Pessoas neste artigo

Partilha

siga o sapo cinema nas redes

Comentários

No Facebook

Trailers

Escobar: Paraíso Perdido

Nick pensa ter encontrado o paraíso quando se junta ao irmão na Colombia. Uma lagoa azul-turquesa, uma praia marfim com ondas perfeitas, um sonho para o jovem surfista canadiano. .. Aí conhece Maria, uma bela colombiana, por quem se apaixona loucamente. Tudo parece perfeito até ao momento em que Maria lhe apresenta seu tio, Pablo Escobar. No início, Nick deixa-se seduzir pela aura em torno...

Ficha de Filme