Pesquisar Cartaz

Atualidade

Notícias

«Linha Vermelha»: o cinema, a História e o PREC num filme já em cartaz

A ocupação de uma herdade ribatejana, há 37 anos, logo após a Revolução de Abril, registada num filme de um realizador alemão, é recuperada e analisada em «Linha Vermelha», documentário de José Filipe Costa, que estreou esta semana.

O documentário, premiado no festival IndieLisboa em 2011, tem exibição comercial em Lisboa, Porto, Coimbra e Azambuja, e será mostrado em sessões únicas em outras 15 cidades. Em Lisboa, algumas sessões de abril serão acompanhadas de debates, no cinema City Alvalade, com historiadores, estudiosos e realizadores, a propósito da relação entre o cinema e a Revolução, sobre o cinema comprometido e militante e sobre o valor da imagem.

Entre os convidados das sessões contam-se o presidente da Associação 25 de Abril, Vasco Lourenço, os realizadores Rui Simões e Catarina Alves Costa, os historiadores José Neves e Manuel Loff e o crítico António Guerreiro.

Em «Linha Vermelha», o realizador José Filipe Costa revisita a ocupação da herdade Torre Bela, no Ribatejo, em 1975, e o filme que o alemão Thomas Harlan fez, «Torre Bela», com um olhar participante, sobre esse acontecimento do PREC (Período Revolucionário em Curso).

José Filipe Costa foi ao encontro do realizador e dos protagonistas da ocupação popular, para entender «um documento fortíssimo» e o envolvimento de Thomas Harlan, que «acreditava na iniciativa do poder popular», disse à Lusa o realizador português.

Torre Bela era uma propriedade do duque de Lafões, no Ribatejo, com uma área de dois mil hectares, que não estava cultivada e que foi ocupada logo a seguir à Revolução de Abril por agricultores sem terra nem trabalho, que decidiram reunir-se numa cooperativa.

A ocupação foi registada, entre 1975 e 1977, por Thomas Harlan num documentário que é hoje um dos exemplos do cinema militante.

José Filipe Costa foi ao encontro dos protagonistas para «Linha Vermelha», levantando questões sobre a relação do cinema com aquele período, e sobre a importância das filmagens de Harlan no decurso dos acontecimentos.

@Lusa

Comente esta história ↓ ou leia outros artigos...

Alguns artigos relacionados

Partilha

siga o sapo cinema nas redes

Comentários

No Facebook

Trailers

Escobar: Paraíso Perdido

Nick pensa ter encontrado o paraíso quando se junta ao irmão na Colombia. Uma lagoa azul-turquesa, uma praia marfim com ondas perfeitas, um sonho para o jovem surfista canadiano. .. Aí conhece Maria, uma bela colombiana, por quem se apaixona loucamente. Tudo parece perfeito até ao momento em que Maria lhe apresenta seu tio, Pablo Escobar. No início, Nick deixa-se seduzir pela aura em torno...

Ficha de Filme